14/02/2022 às 10h42min - Atualizada em 14/02/2022 às 23h01min

Projeto Construindo Música conclui terceira edição em Pindamonhangaba

Mais de mil alunos e educadores de 14 escolas da rede municipal foram beneficiados pela ação

SALA DA NOTÍCIA Agência Fibra
Divulgação Evoluir
  • Mais de mil alunos e educadores de 14 escolas da rede municipal foram beneficiados pela ação, que incluiu 100 horas de formação para educadores,atividades técnico-pedagógicas construção de instrumentos musicais, gincana virtual e distribuição de 2.400 livros
 
  • Iniciativa da Evoluir com apoio da Novelis utiliza o lúdico mundo musical para promover educação integral das crianças, desenvolvendo habilidades cognitivas, motoras e socioemocionais

“Muitos pais relataram a euforia de seus filhos quando chegavam da escola. Foi enriquecedor para minhas práticas como educadora e ajudou a estimular várias habilidades, pois a música, quando utilizada em sala de aula, desenvolve raciocínio, criatividade, linguagem oral, afetividade, percepção corporal e  socialização”. Nada melhor para ilustrar os resultados do projeto Construindo Música em Pindamonhangaba (SP) do que dar voz a seus participantes. Este trecho do depoimento da professora Flávia Augusta Francisco Camargo Pinho, do CMEI CAIC, ao lado de tantas outras avaliações positivas, mostra que os objetivos foram cumpridos. Elaborada pela Evoluir, com apoio da Secretaria Municipal de Educação,incentivo da Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocínio da Novelis, a iniciativa utiliza a música como recurso para a educação integral. Realizada no município desde 2019, nesta terceira edição beneficiou 14 escolas da rede pública de Educação Infantil (Pré I e II) e 1º e 2º anos dos anos iniciais do Ensino Fundamental, na faixa etária de 4 a 7 anos.

Além de 100 horas de atividades técnico-pedagógicas, adaptadas para o ambiente remoto devido às restrições impostas pela pandemia, o projeto envolveu ainda a distribuição dos materiais de apoio, como o guia do educador, kits de instrumentos musicais infantis e 2.400 exemplares do livro Todo Mundo Sente, de Flávia Maia, que permeia de maneira divertida as atividades propostas para a criançada. A gincana virtual “Subindo a Serra: uma aventura musical” no YouTube marcou o encerramento desta edição, com desafios, oficinas musicais, convidados especiais e lives temáticas para a comunidade escolar e os familiares. Todo o conteúdo abordado está sempre alinhado com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e as competências gerais propostas.

“Coordenar o Construindo Música para mim foi um grande privilégio e aprendizado”, destaca Taciana Begalli Ruellas, coordenadora da Evoluir. “Foi muito importante visualizar, na prática e no cotidiano da escola, a potência da vivência musical para o desenvolvimento integral de educadores e educandos”, diz. “Acredito que a música e a ludicidade aproximam os atores educacionais e tornam o processo de ensino e aprendizagem mais afetuoso e significativo”, completa.

“Sem dúvida, o curso teve muita importância para nossa caminhada deste ano com as crianças. Cada semana, um aprendizado a ser compartilhado e multiplicado com os pequenos que, mesmo por trás das telas, se movimentaram e estiveram felizes quando o assunto era música. Para minha formação como educadora, aconteceram inúmeros momentos de aprendizagem que eu pude compartilhar com minha turminha e também de bem-estar para a alma, para o corpo! Cada encontro semanal e os encontros mensais foram de grande ajuda para superarmos todo este peso que a pandemia nos causou”, aponta a professora Marielza Lara Ligabo Silva, do CMEI Isabel Pereira da Silva.

“Como é um projeto bastante dinâmico e lúdico, foi muito prazeroso para as crianças participarem dele. Algumas mães relataram que os filhos chegavam em casa animados e queriam contar como foi a aula de música e mostrar como era o som do instrumento que estavam levando para casa”, comenta a educadora Patrícia Rodrigues Barbosa, do CMEI Isabel Pereira da Silva.

“A construção dos instrumentos musicais, relacionando-os e inserindo-os no contexto de nossas aulas, foi muito produtivo. Construímos o tambor do mar, galinhofone, chocalho, castanhola e o kabuletê. Criamos momentos de oficinas para essa atividade, exploramos e brincamos com os sons, regências, percepção sonoras. Cada instrumento contextualizava-se com um conteúdo estudado”, ressalta Bianca Frulani de Paula Santos Amorim, do CMEI Esmeralda da Silva Ramos.

“A Novelis se orgulha de fazer parte dessa jornada ao lado da Evoluir e de contribuir com a educação das crianças da nossa comunidade. A possibilidade de unir o divertido, que é a música, com o essencial para nossa sociedade, que é a reciclagem, representa parte dos valores prioritários da nossa empresa, de ter sempre um olhar especial para a geração do futuro e uma atenção primordial para a reutilização de recursos já existentes, a fim de minimizar o impacto no nosso planeta”, afirma Eunice Lima, diretora de comunicação e relações governamentais da Novelis.


Participaram da terceira edição do Construindo Música em 2021 a EM Manoel César Ribeiro, CMEI CAIC, EM Arthur de Andrade, EM João Cesário, EM Odete Correa Madureira, CMEI Dr. Francisco Lessa Júnior, E.M Professor Mário De Assis César, EM Ayrton Senna da Silva, CMEI Maria das Dores Santos Marcondes, CMEI Maria Luisa Lima Almeida, EM Lauro Vicente de Azevedo, CMEI Esmeralda Silva Ramos, EM Padre Zezinho e CMEI Isabel Pereira da Silva.

Sobre o Construindo Música
O Construindo Música é um projeto que une iniciação musical, educação integral, socioemocional e ambiental de forma divertida e sensível, em que as crianças vivenciam diversas experiências musicais, entre elas a de fabricar e construir instrumentos feitos a partir de materiais cotidianos reutilizados e reaproveitados. O objetivo é que através da música, crianças e jovens possam aprimorar a criatividade, capacidade de concentração e raciocínio lógico, promovendo, também, o bem-estar, o equilíbrio e a interação dos alunos com o ambiente escolar. O projeto está alinhado com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), afirmando o compromisso da Evoluir com a formação humana integral, inclusiva e voltada para o respeito, a preservação da natureza e os direitos de aprendizagem e desenvolvimento da criança.
 As aulas estão divididas em quatro temas:

1) Tudo tem som - o primeiro bloco de aulas chama a atenção para os elementos primordiais do fazer musical: o som e o silêncio. Brincadeiras musicais, cantigas populares, dança, narrativa a partir de sons, desenho do som e construção de instrumento musical são as principais atividades desse tema;

2) Música pra lá e pra cá - o segundo módulo instiga a observação das músicas que estão presentes no nosso cotidiano e reflexão sobre a função delas no dia a dia. A música é pensada como um modo de brincar, de se movimentar, de se perceber e também notar o outro, de se relacionar e entender elementos que compõem o fazer musical;

3) Eu sei fazer - as aulas desta etapa aprofundam o conhecimento dos alunos sobre o universo musical e como ele se relaciona com a nossa história. Aprender as notas musicais, explorar as possibilidades sonoras e expressivas do corpo e aumentar o repertório de brincadeiras e canções;

4) Vamos juntos - aqui, o objetivo é conversar sobre a história da música e a história da gente, refletir sobre como podemos usar os sons do corpo para criar ritmos, além de como aprender a representar graficamente os sons dos instrumentos construídos e como combiná-los para criar música.

Para contemplar os quatro temas, os roteiros das aulas seguem a mesma estrutura, formada por Introdução, Desenvolvimento e Finalização. Ao fim das atividades, as crianças e jovens, os músicos educadores e os educadores da escola organizam um evento de encerramento. É um momento especial, em que toda a comunidade escolar, realizadores e patrocinadores se reúnem para celebrar os resultados e aprendizados do projeto.

Sobre a Novelis Inc.
A Novelis Inc. é líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio. A Empresa opera em nove países, conta com aproximadamente 15 mil profissionais e receita de US$ 12.2 bilhões, referente ao ano fiscal de 2021. A Novelis fornece chapas e folhas de alumínio premium para os mercados de transportes, embalagens, construção civil e eletrônicos na América do Norte, Europa, Ásia e América do Sul. A Companhia é parte do Grupo Aditya Birla, um conglomerado multinacional sediado em Mumbai, na Índia. Para mais informações, acesse novelis.com e nos acompanhe pelo Facebook, em facebook.com/NovelisInc, e pelo Twitter, em twitter.com/Novelis. 

Sobre a Novelis América do Sul
No Brasil, a Novelis possui atividades de laminação de alumínio em Pindamonhangaba e Santo André/SP. A operação local envolve cerca de 1.600 profissionais e alcançou receita da ordem de R$ 9,6 bilhões no FY21. A fábrica de Pindamonhangaba, principal da empresa, foi inaugurada em 1977 e a unidade é considerada um dos maiores complexos de laminação e reciclagem de alumínio do mundo. A Novelis mantém 14 centros de coleta de sucata espalhados pelo país. 

Sobre a Evoluir
A Evoluir é uma empresa que gera valor e impacto social por meio de iniciativas educacionais, culturais e socioambientais na perspectiva da Educação Integral. Possui mais de 20 anos de experiência em investimento social privado e auxilia empresas a realizarem suas ações e estratégias sociais de forma segura e eficiente. Com atuação em âmbito nacional e internacional a empresa atua por meio de prestação de serviços, editais e leis de incentivo à cultura. Acredita na educação como força para transformação e  torna esse ideal em realidade por meio de projetos especiais, assessoria pedagógica e produção de conteúdos direcionados.
Para saber mais, acesse aqui.

Informações para a imprensa – Fibra Comunicação
Cristina Lins 11 97494-6198 / cristina@fibracomunicacao.com
Patrícia Lopes 21 99554-8885 / patricia@fibracomunicacao.com
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »