13/02/2022 às 12h28min - Atualizada em 14/02/2022 às 23h11min

Nelson Wilians Group é vetor para internacionalização de empresas brasileiras

Além de orientação de negócios, o grupo promove encontros com grandes investidores estrangeiros em três continentes

SALA DA NOTÍCIA Carlos Augusto Rodrigues Arruda
A globalização rompeu muitas barreiras, inclusive para marcas que desejam atravessar oceanos e atuar em novos mercados. Diante das possibilidades oferecidas em outros países, empreendedores brasileiros passaram a ampliar o leque de atuação oferecendo produtos e serviços para clientes no exterior. Contudo, entender as diferentes culturas, legislações, concorrências e logísticas que norteiam essas praças pode ser decisivo para diferenciar uma operação frustrada de uma empreitada de sucesso. Para auxiliar empresários e marcas que desejam traçar o caminho da internacionalização dos negócios, o mercado pode contar com o Nelson Wilians Group (NWGroup), composto pela tríade NW Soluções, Instituto Nelson Wilians e NW Negócios & Investimentos, esta última sendo a responsável por essa atividade focada, inicialmente, em três continentes (América, Asia e Europa) desde 2018.  

O grupo disponibiliza serviços de assessoria para formalização de projetos em outros países, principalmente onde já possui operações em curso (China, India, Portugal, Estados Unidos, Colômbia, Paraguai, Uruguai, Chile e Peru), além de auxiliar na captação de players estrangeiros que desejam investir no Brasil. Também ajuda na identificação de fornecedores que possam contribuir na logística e outras vertentes para os negócios.

O NW Negócios & Investimentos já promoveu, inclusive, uma série de roadshows financeiros para grandes empresas brasileiras que atuam nas áreas de mineração, infraestrutura e agronegócio em países como Japão, Índia, EUA, Portugal e Chile.

Para otimizar o atendimento aos clientes, o Nelson Wilians Group pretende abrir filiais em todas as capitais do Brasil, além de algumas cidades estratégicas, até o fim de 2022. A sede da organização fica em São Paulo e a sua filial de Brasília está em estruturação. Esse, inclusive, é um dos diferenciais do grupo. A empresa faz questão de abrir filiais próprias para manter a qualidade do atendimento, formada por pessoas locais que entendem a forma regional de se fazer negócios. 

Origem

O início das operações do NW Group ocorreu em 2013, quando foi criada a NW Soluções, que fornece serviços de recuperação de créditos extrajudiciais e desenvolvimento de soluções digitais relacionadas ao negócio. Hoje sua sede fica em Campo Grande – MS, contando com aproximadamente 500 colaboradores diretos.

Já em 2017, o grupo desenvolveu um braço focado no Terceiro Setor: o Instituto Nelson Wilians (INW). Uma organização sem fins lucrativos que atua pelo empoderamento social como condição para superar desigualdades, focado na vertente educacional. Para isso, trabalha em parceria com instituições locais por meio de programas focados em Educação e Direito, fortalecendo o exercício da cidadania, a democratização de oportunidades e a mitigação das desigualdades. Mais de 60 mil pessoas já foram atendidas pelas ações promovidas pelo INW, fundado e presidido por Anne Carolline Wilians.

Tríade

As três operações já estavam bem encaminhadas, mas cada uma seguindo um caminho próprio. Foi então que o vice-presidente do NWGroup, Fernando Cavalcanti, resolveu consolidar e formalizar a tríade como braços do mesmo grupo, definindo melhor os escopos e aumentando o alcance das ações.

Em seguida, Cavalcanti deu início à empreitada de levar o grupo a várias partes do país. “É preciso fornecer um serviço personalizado e em constante lapidação. Temos uma atuação que considera, primordialmente, as particularidades e características locais de cada região”, explica. “Apesar das incertezas da pandemia, nossos planos não mudaram. Desde o início, nos atentamos e atendemos às mudanças necessárias. O trabalho segue firme e com grandes projetos, como os que já temos desenvolvido”, acrescenta.

Assim, o vice-presidente do NWGroup tem visitado capitais e cidades visando a estruturação das filiais do Grupo, que, além de São Paulo e Campinas (SP), está sendo formalizadas em Brasília (DF), Porto Alegre (RS), Cuiabá (MT) e Caruaru (PE).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »