15/02/2022 às 13h06min - Atualizada em 15/02/2022 às 18h11min

Caixas de arte têm inspiração em capelinhas e passarão de casa em casa

Atividades amanhã e quinta-feira completam a intervenção urbana do projeto Mesa de Arte na Praça, que já criou em NH a maior galeria a céu aberto do Brasil em número de artistas.

SALA DA NOTÍCIA Adriane Costa
Ita Kirsch
Depois da Arte no Muro, chega a vez da Arte na Caixa. Nesta terça e quinta-feira (15 e 17/02), moradores dos bairros Canudos e Kephas, em Novo Hamburgo (RS), terão a oportunidade de receber reproduções de obras de arte em suas casas. É mais uma ação do projeto Mesa de Arte na Praça (MAP). Serão cinco caixas para cada bairro, com 20 reproduções de obras em tamanho A3 em cada uma, totalizando 200 peças. “As caixas serão entregues em algumas casas, com o propósito de circularem pela vizinhança, numa réplica à tradição das capelinhas que passam de casa em casa, em algumas comunidades religiosas”, detalha Magna Sperb, artista visual e uma das idealizadoras do projeto.

A ação terá início nesta terça-feira, no CRAS Canudos (R. Ícaro, 933), de onde as caixas sairão para circular pelas residências. “Cada família poderá escolher uma reprodução para si e, depois, encaminhar a caixa para um vizinho”, diz Ana Hauschild, artista visual e parceira de Magna na iniciativa. “O objetivo do projeto é facilitar o acesso à arte para toda a comunidade e abrir novos espaços para os artistas de Novo Hamburgo apresentarem suas criações”, ressalta a fotógrafa e artista visual Bala Blauth, que completa o grupo de idealizadoras.

No dia 17, o CRAS Kephas (R. Tamôio, 52 - Vila Diehl) será o ponto de partida para a segunda incursão do projeto. Em cada casa, é sugerido que seja feito um registro fotográfico (como uma selfie), postando a foto da família com a obra reproduzida em suas redes sociais.
A Arte na Caixa, assim como a Arte no Muro, são intervenções do projeto Mesa de Arte na Praça viabilizadas a partir do Edital de Fomento à Produção Artística e Cultural, Chamamento Público Cultural 01/2021, do Município de Novo Hamburgo. O financiamento é do Fundo Municipal de Cultura (FUNCULTURA), numa realização da Secretaria Municipal da Cultura e Coletivo A4 Falando em Arte, com Gestão Cultural e Produção Executiva da Imago Produtora.

A primeira atividade, a Arte no Muro, aconteceu no dia 19 de novembro, quando mais de 150 reproduções de obras de arte em grandes formatos, impressas em cartazes lambe-lambe, foram fixadas em muros do bairro Hamburgo Velho. Com mais de 270 m de extensão linear e 152 artistas diferentes, tornou-se a maior exposição a céu aberto do Brasil em número de artistas. A HS Consórcios cedeu para a ação os muros de sua propriedade, entre a Av. Vitor Hugo Kunz e a Rua General Osório. A Tintas Killing também foi apoiadora da iniciativa.

Um pouco do que vai ser apresentado nas caixas pode ser conferido no site do projeto: www.mesadeartenapraca.com.br. O espaço virtual reúne informações e imagens sobre cerca de 140 artistas, apresentando suas trajetórias, técnicas e fotos das principais obras. O site também oferece agenda de eventos e registros das edições já realizadas do MAP, entre outros serviços.



Assessoria de Imprensa: Jornalista Adriane Costa | (51) 98484 5869 | adriacosta@uol.com.br
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »