15/02/2022 às 10h07min - Atualizada em 15/02/2022 às 18h12min

Do ritmo ao empoderamento: exposição Divas do Jazz chega ao Shopping Jardim Sul

Mostra ocorre gratuitamente entre 17 de fevereiro e 13 de março

SALA DA NOTÍCIA Júlia Santos
Muito mais do que uma música envolvente que encanta gerações, o jazz pode ser percebido como um movimento musical, com uma grande carga histórica e emocional. Originado em meados dos anos 1900, o gênero tem grande influência das chamadas work songs, em que povos escravizados externalizavam suas dores por meio de canções. O aclamado gênero, que surgiu como uma das muitas formas de resistência, contudo, se caracterizou como predominantemente masculino, colocando à margem grandes artistas femininas da época. Mesmo diante de todos os desafios, nomes como Nina Simone e Billie Holiday, com suas vozes e letras potentes, se consagraram no meio.

E é pensando em homenagear personalidades femininas que estiveram à frente de seu tempo e ressignificaram o jazz, que o shopping Jardim Sul, na zona sul de São Paulo, recebe, de 17 de fevereiro a 13 de março, a exposição Divas do Jazz, dando início à sua programação especial ao Dia Internacional da Mulher (celebrado em 8 de março). A mostra, realizada pela artista plástica Fê Motta, tem como intuito reconhecer e celebrar artistas que, não só tinham que enfrentar o racismo, como também o sexismo.

O jazz music, que passou a ser bem-quisto pela elite americana na década de 1920, passou por diversas transformações e, a partir de 1960, surgiu a vertente “free jazz”, que trazia mensagens de resistência, liberdade e política em seu discurso de forma mais aberta e assertiva. Ainda assim, personalidades femininas ainda não eram vistas com protagonismo na época.

“É com muita alegria que recebemos a Fê Motta e sua exposição aqui no Jardim Sul para celebrar mulheres e artistas que nadaram contra a maré e abriram as portas para que nomes como Cécile McLorin Salvant e tantas outras vozes pudessem se destacar neste gênero. A arte, como um todo, sempre foi e sempre será resistência, e temos muito orgulho de termos um espaço para mostrar para mulheres de todas as idades que sempre podemos ir além e que temos grandes exemplos para nos inspirar”, afirma Juliana Baitello, gerente de marketing do shopping.

A mostra será realizada de forma gratuita, de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos e feriados das 12h às 22h, no piso 2, com entrada pela rua Itacaiúna, e contará com atrações interativas, como pinturas realizadas ao vivo pela artista e apresentações de jazz. Para mais informações, acesse o site.

Serviço: Mostra Divas do Jazz no Jardim Sul
Data: de 17 de fevereiro até 13 de março
Horário:  segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos e feriados das 12h às 22h
Valor: entrada gratuita
Local: piso 2, na entrada da rua Itacaiuna, nº 61
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »