15/02/2022 às 13h47min - Atualizada em 15/02/2022 às 18h13min

Especialista alerta sobre a importância da prevenção e do diagnóstico de doenças oculares

Dra Stefânia Dall’Agno Demori, da clínica Acesso Saúde, reuniu 7 dicas de cuidados de rotina para manter a saúde dos olhos

SALA DA NOTÍCIA Redação
https://acessosaude.online/
Canva

Segundo dados  divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de  35% da população mundial têm alguma deficiência visual, como miopia, hipermetropia, glaucoma e catarata. Ainda de acordo com o relatório, parte desses casos poderiam ter sido evitados se tivessem recebido os cuidados necessários. A oftalmologista Stefânia Dall’Agno Demori, orienta que as doenças oculares se não tratadas, podem levar à perda de visão.

Veja as dicas de cuidados para manter a saúde dos olhos.

  1. Dor nos olhos - Sentir dor na região dos olhos é um sinal importante e pode indicar algo grave. Se a dor persistir a recomendação é ir a um especialista imediatamente;
  2. Riscos à saúde ocular - Uso de colírios sem exame adequado pode levar a progressão de algumas doenças e danos permanentes à visão. Isso também serve para a utilização de óculos e lentes de contato que só devem ser utilizados apenas com prescrição médica;
  3. Higiene -  Se cair algum líquido nos olhos, a orientação é lavar com água corrente e procurar um oftalmologista para examinar após o ocorrido. Outro ponto importante é  manter a higiene das mãos antes de tocar os olhos, sobretudo, neste período de pandemia causada pelo novo coronavírus, já que os olhos pode ser uma possível porta de entrada para o vírus;
  4. Proteção - Use protetor ocular sempre que houver risco de algo atingir seus olhos e abuse dos óculos escuros em ambientes com claridade excessiva;
  5. Exposições excessivas às telas - A pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe um outro problema que é o tempo de exposição em frente às telas de computadores, tablets e dispositivos móveis. Alguns cuidados básicos de rotina podem fazer a diferença para a preservação de uma boa visão. Por isso, é importante fazer pausas de 20 a 40 minutos, longe das telas e, se possível, configurar as imagens dos eletrônicos com efeitos que dão maior suavidade aos pixels. Isso ajuda a descansar mais os olhos;
  6. Maquiagem - A recomendação é não compartilhar a sua maquiagem com ninguém e não utilizar, por longo prazo, o mesmo produto. Remover adequadamente, e com produtos específicos.
  7. Exames regulares - Procure um oftalmologista periodicamente! Ir a um especialista regularmente e fazer check ups preventivos. O ideal é que se faça  consultas anuais desde a infância, na idade escolar e principalmente se o paciente tiver doenças sistêmicas como diabetes

Dra Stefânia Dall’Agno Demori, é oftalmologista formada na Sociedade Hospitalar Angelina Caron. Atualmente faz  parte do grupo Acesso Saúde - Sistema nacional de atendimento médico e odontológico sem mensalidade para a população que não possui um plano de saúde - que criou o programa Saúde Ocular, ação preventiva com foco no cuidado da saúde dos pacientes das 35 unidades da rede espalhadas por 13 estados brasileiros. A clínica oferece uma avaliação para checar possíveis falhas refrativas na visão do paciente que possam prejudicar a sua acuidade visual. "Os erros refracionais como miopia, astigmatismo e hipermetropia são sinalizados pelo aparelho chamado auto refrator. A correção através de óculos ou lentes de contato pode fornecer qualidade visual e nitidez. Na impossibilidade de melhora através da refração, o oftalmologista estará atento na procura de outras possíveis causas de danos à saúde ocular", salienta a especialista.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »