16/02/2022 às 16h21min - Atualizada em 16/02/2022 às 19h20min

Talks Unilever 2022 traz insights sobre decodificar o futuro para gerar valor

Nomes como Alexandre Soncini, Marcos Calliari e Ricardo Amorim compuseram discussão em torno do futuro do consumo na 7ª edição do evento da companhia. A estratégia é da agência Accuracy.

SALA DA NOTÍCIA Eliane Vitiello
Divulgação_Accuracy

Buscar caminhos e indícios de como será o futuro, mesmo que minimamente, é quase que constante, ainda mais em um mundo em plena transformação. Vivemos buscando decodificar o futuro. Este foi o tema da 7ª edição do Unilever Talks, principal evento de relacionamento da companhia com o varejo nacional, realizado nesta terça-feira (15), em São Paulo.

Nomes como Alexandre Soncini, cofundador da VTEX, Marcos CalliariCEO da Ipsos Brasil, e o economista Ricardo Amorim se juntaram ao time de cerca de 1.000 principais varejistas da Unilever no país para decodificar o futuro do consumo para gerar valor.

Além de todo conteúdo no formato Talkshows - mesas redondas com tendências de mercado, categorias de produtos, 2021 em números – ministrados por executivos da Unilever e convidados, o evento contou ainda com uma pesquisa proprietária como pano de fundo, com entrevistados de 3 faixas salariais (até 3 mil, 12 mil e mais de 20 mil reais), todos moradores da Grande São Paulo, entre 40 e 50 anos, tendo filhos de até 23 anos.

Dados sobre como a economia atual tem impactado na vida e no hábito de consumo dos shoppers – desde as mudanças na cesta de compras, produtos que foram deixados de ser levados e os que passaram a ser comprados, o que interfere nessa nova decisão de compra, bem como sobre o hábito de consumo na internet, o aumento de compras online e os benefícios deste novo momento - alimentaram a discussão em torno de como a marca pode responder às demandas do público e como acompanhar as tendências de consumo.

Alexandre Soncini falou sobre essa digitalização e como o mercado está se transformando desde o início da pandemia, além do bom uso da tecnologia e dos dados para melhorar o desenvolvimento dessa nova era. “A gente precisa sempre olhar para esse consumidor que busca conveniência e estruturar a estratégia de canais baseada no perfil desse novo consumidor.”

Já Marcos Calliari trouxe importantes insumos sobre o comportamento humano, as escolhas e a consciência sobre elas, riscos e medos, credibilidade e confiança das pessoas nesse momento pós-pandêmico: “Mais do que colocar o shopper no centro, é colocar as pessoas no centro. E a nossa relação não tem que começar com este consumidor quando ele pretende consumir, ela tem que ser permanente.”

Para finalizar, Ricardo Amorim costurou o evento trazendo sempre a sua visão de economia frente às tendências de consumo, os impactos dos custos e o reflexo nos preços, a inflação, a atual maneira de investir e o endividamento, bem como uma perspectiva do que esperar para 2022: “A palavra-chave é confiança. E aí sem dúvida, marcas mais estabelecidas levam uma vantagem maior. Principalmente aquelas que conseguem transmitir uma percepção de valor”.

O evento aconteceu 100% online e contou com estratégia e execução da agência Accuracy. “É uma grande responsabilidade conduzir mais uma edição do evento mais importante da Unilever no mercado. Assim como o tema, tivemos o cuidado de refletir por todo o evento o conceito de decodificar o futuro para gerar valor, desde a entrevista com os consumidores até a escolha dos convidados - alguns dos maiores especialistas na sua área de atuação - que deram realmente uma aula de economia, consumo e digitalização.”, explica Marcos Pirozzelli, CEO da Accuracy.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »