16/02/2022 às 10h59min - Atualizada em 16/02/2022 às 19h41min

Trinus encerra 2021 com VGV de mais de R$1bi e 240 ativos imobiliários

Landtech goiana já impactou mais de 38 mil famílias apoiando empreendedores regionais nas mais diversas regiões do país

SALA DA NOTÍCIA Graziela Massonetto
A Trinus Co, uma plataforma de soluções para o mercado habitacional que através da tecnologia liga o mercado financeiro ao mercado imobiliário, fechou o ano de 2021 com resultados robustos. A landtech, com sede em Goiânia, oferece serviços de auditoria financeira, contabilidade, monitoramento de obras e gestão de carteira de recebíveis, entre outros, aos seus parceiros empreendedores.
Com ativos alocados em fundos imobiliários, como o Fundo de Investimento Imobiliário TG Ativo Real (TGAR11), FII gerido pela TG Core Asset, empresa que faz parte da holding, um dos focos da companhia é apoiar empreendedores regionais nas mais diversas regiões do país, sem centralizar sua atuação em grandes centros. A Trinus encerrou 2021 contando com mais de 240 ativos imobiliários, entre equitys, CRIs, ações e carteiras de ativos em seus fundos.
Também no último ano, as vendas da Trinus alcançaram a marca de mais de R$1 bilhão de reais em VGV bruto. Para fins comparativos, em 2020 foram mais de 600 milhões em VGV por meio das vendas de unidades imobiliárias. “Com esse resultado, a Trinus já impactou mais de 38 mil famílias. Isso reforça o nosso propósito de transformar o mercado habitacional, visto que a venda de unidades imobiliárias representa a realização do sonho de diversos brasileiros”, comenta Diego Siqueira, sócio-fundador da landtech.
Para este ano, a expectativa da Companhia é alavancar ainda mais os resultados, mirando em dobrar seus números. “Pretendemos ampliar nossa atuação, oferecendo cada vez mais soluções e serviços financeiros e imobiliários em uma plataforma tecnológica ainda mais completa. Temos nos aproximado do cliente final, os compradores de imóveis, para compreender suas dores e proporcionar soluções para facilitar a vida desse público”, completa Diego.
Crescimento
Para sustentar o crescimento da landtech, em 2021 a companhia teve 344 novas contratações. O número é mais que o dobro de 2020, quando 162 pessoas foram contratadas para reforçar os times. Atualmente com mais de 500 colaboradores, as projeções para 2022 indicam que esse número deve crescer para uma média de 800 pessoas. Um dos focos de contratação é na área de Tecnologia, já que é por meio de uma plataforma robusta que a Trinus entrega seus serviços aos clientes e parceiros.
Sobre a primeira landtech do Brasil - A Trinus Co é a primeira landtech do mercado - um novo conceito de Companhia a partir da junção de três mercados já conhecidos: o financeiro (fintech), o imobiliário (proptech) e o legal (lawtech). Atua como uma plataforma tecnológica de serviços imobiliários e serviços financeiros, com a proposta de investir em construtoras e incorporadoras de menor porte e localizadas no interior do país.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »