16/02/2022 às 18h15min - Atualizada em 16/02/2022 às 19h50min

Biofertilizantes naturais melhoram a qualidade do cultivo e preservam a terra

Cresce o número de produtores adotam os biofertilizantes naturais em diversos tipos de cultivo.

SALA DA NOTÍCIA Roberta
www.homebiogas.com.br
Na última semana, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei 6299/02, que flexibiliza as regras sobre os agrotóxicos no País. Na contramão desse movimento, muitos produtores agrícolas têm adotado a biodigestão dos resíduos orgânicos, tanto pela questão da economia e preservação do ambiente, mas também em função do subproduto que tem melhorado a qualidade de seus cultivos: o biofertilizante natural.

Nos biodigestores acontece o processo de decomposição de matéria orgânica por organismos vivos (bactérias anaeróbicas). O resultado desse processo é a geração de biogás, composto principalmente de metano, e de um resíduo líquido natural (biofertilizante). O biofertilizante é rico em matéria orgânica ajudando na recuperação do solo e preparo para o plantio.

Além da redução de custos com fertilizantes e defensivos agrícolas industrializados, o biofertilizante natural é capaz de nutrir e melhorar as características dos solos, possibilitando que as plantas façam uma rápida absorção, por conter macro e micronutrientes, além de elevado teor de matéria orgânica e microrganismos em sua composição.
Essa composição pode, inclusive, ser adequada para atender a cada tipo específico de cultura, a partir do tipo de resíduo orgânico que cada um coloca em seu biodigestor – variação de quantidades e tipos de estercos, resíduos, sais solúveis ou bactérias.

Segundo o agrônomo, Guilherme Vidal de Sousa Lais, da Biomovement Ambiental, o ato de abastecer a terra com um elevado teor de Matéria Orgânica, nutrientes essenciais (macro e micro) e elevada diversidade de microrganismos ajuda a regular a acidez do solo – o chamado fator Ph -, além de favorecer as condições para o crescimento e desenvolvimento das raízes e da parte aérea das plantas. “Eu tenho acompanhado alguns produtores que usam o biodigestor de forma a adequar a “receita” do biofertilizante produzido diariamente, usando e melhorando a produção, com economia e preservação da terra”, afirma.

A Biomovement Ambiental, empresa que atua sob os pilares da tecnologia, da inovação e do desenvolvimento socioambiental no fornecimento de soluções sustentáveis, é a representante oficial no Brasil dos biodigestores da HomeBiogas, tecnologia presente em mais de 100 países, e que não demandam grandes obras para serem instalados.

Segundo explica Leandro Toledano, CEO da empresa, essa tecnologia de microgeração de energia renovável atende desde o uso doméstico, até o produtor, seja ele de pequeno, médio ou grande porte. “A sustentabilidade é uma forte demanda do agronegócio e a biodigestão resolve a questão dos resíduos

 orgânicos, evitando contaminações, protegendo o ambiente e, ainda, beneficiando o produtor agrícola com economia e com um cultivo de alta qualidade”, completa Toledano.

Para saber mais acesse www.homebiogas.com.br
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »