17/02/2022 às 11h36min - Atualizada em 17/02/2022 às 17h21min

Paulinho Boca de Cantor homenageia os 50 anos do disco Acabou Chorare, clássico dos Novos Baianos, no Teatro Sérgio Cardoso

O artista canta os maiores sucessos do grupo, trazendo de volta o clima e a efervescência cultural que tomou conta do mundo dos anos 70. Para ingressar no Teatro Sérgio Cardoso, é obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação contra COVID-19

SALA DA NOTÍCIA Angelina Colicchio
Crédito: Paola Alfamor

Mais fotos disponíveis neste link


Compositor, cantor popular, integrante e um dos fundadores do grupo Novos Baianos, Paulinho Boca de Cantor faz show no Teatro Sérgio Cardoso, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerido pela Amigos da Arte, dia 23 de fevereiro, quarta-feira, às 20h30, com entrada gratuita.

No repertório, estão os maiores sucessos do grupo, como Brasil Pandeiro, Preta Pretinha  e Besta é Tu - comemorando os 50 anos do premiado álbum Acabou Chorare (1972) - e também destaques da carreira solo de Paulinho. O disco Acabou Chorare foi o primeiro entre os 100 melhores discos da Música Popular Brasileira de todos os tempos numa enquete feita pela Revista Rolling Stone em outubro de 2007.

 

Em 2016, o grupo Novos Baianos voltou à cena musical se apresentando em shows pelo país e, em 2017, lançou o CD/DVD ao vivo Acabou Chorare - Os Novos Baianos se encontram, sendo premiados como o melhor grupo de Pop Rock Nacional no Prêmio da Música Brasileira (PMB) de 2018.

 

Paulinho Boca de Cantor tem produzido e apresentado trabalhos sobre a história da música no Brasil, resultado de pesquisas e de resgate histórico do patrimônio artístico e cultural do país. Em 2021, o artista lançou o álbum autoral Além da Boca, que conta com participações especiais de Zeca Baleiro, Tim Bernardes e Anelis Assumpção. 

 

Ficha técnica

Direção Geral, Apresentação, Voz e Percussão: Paulinho Boca de Cantor 

Violão e Vocal: Carlinhos Marques

Baixo e Vocal: Cesário Leony

Bateria: Victor Brasil

Guitarra: Kakau Araujo

Produção:Arthur Luna

Roadie: Alan Roupa Nova

Crédito da foto: Paola Alfamor

 

SERVIÇO

Paulinho Boca de Cantor
Teatro Sérgio Cardoso - Sala Paschoal Carlos Magno - Rua Rui Barbosa, 153 - Bela Vista | São Paulo – SP

Dia 23 de fevereiro de 2022, quarta-feira, às 20h30

Ingressos: Entrada gratuita | Retirada de ingresso através do sistema Sympla - https://site.bileto.sympla.com.br/teatrosergiocardoso/

Classificação: Livre

Duração: 90 minutos

 

Sobre a Amigos da Arte

A Amigos da Arte, Organização Social de Cultura responsável pela gestão dos teatros Sérgio Cardoso e de Araras e diversos programas em difusão cultural e economia criativa, trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e iniciativa privada desde 2004. Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da Amigos da Arte, que tem como objetivo difundir a produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos. Em seus 17 anos, a entidade desenvolveu 12 mil ações culturais, atingindo mais de 25 milhões de pessoas.

 

Sobre o Teatro Sérgio Cardoso

Localizado no boêmio bairro paulistano do Bixiga, o Teatro Sérgio Cardoso foi inaugurado em 13 de outubro de 1980, com uma homenagem ao ator. Na ocasião, foi encenado um espetáculo com roteiro dele próprio, intitulado “Sérgio Cardoso em Prosa e Verso”. No elenco, a ex-esposa Nydia Licia, Umberto Magnani, Emílio di Biasi e Rubens de Falco, sob a direção de Gianni Rato. A peça “Rasga Coração”, de Oduvaldo Viana Filho, protagonizada pelo ator Raul Cortez e dirigida por José Renato, cumpriu a primeira temporada do teatro.

 

Sobre #CulturaEmCasa

Lançada em 21 de abril de 2020, a plataforma tem a missão de ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuitos e difundir a intensa produção cultural do Estado de São Paulo, seus equipamentos e municípios. Até o momento, a plataforma registrou 5,6 milhões de visualizações em 3 mil conteúdos disponibilizados, atingindo 3.500 cidades e em 157 países. E envolvendo 15.483 profissionais do setor. Este ano, em comemoração ao aniversário de um ano, o #CulturaEmCasa, transmitiu lives de artistas como Tom Zé, Angela Ro Ro, Oswaldo Montenegro e Camila Pitanga. 

 

A ferramenta reúne também conteúdos do Teatro Sérgio Cardoso, do Museu da Diversidade Sexual e das instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, a São Paulo Companhia de Dança, o Conservatório de Tatuí, o Projeto Guri, Fábricas de Cultura, TV Cultura, Poiesis, Bibliotecas, e os Museus da Imagem e do Som, do Futebol, Índia Vanuíre, Casa de Portinari Felícia Leirner/ Auditório Claudio Santoro.

 

A ideia de difundir o conteúdo produzido por São Paulo se expandiu e a plataforma #CulturaEmCasa firmou parcerias com outras Secretarias Estaduais de Cultura, dentro do projeto Ponte Aérea. Atualmente a plataforma detém e transmite conteúdos do Rio Grande do Sul, como por exemplo, o “Festival de Cinema Negro em Ação” e os concertos da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre; o projeto “Música Conecta” com o Espírito Santo Este mês também foi lançada parceria com o estado do Ceará, em que são transmitidos eventos artísticos de grande porte do cenário cearense como o “Cineteatro São Luiz”, “Porto Dragão Sessions” e “Zona de Criação”.

 

Redes Sociais TSC

Instagram | Facebook | Site

 

Assessoria de Imprensa do Teatro Sérgio Cardoso – Pevi

Angelina Colicchio – (11) 99299-2877

Diogo Locci – (11) 99906-0642

angelina@pevi56.com  | assessoria@pevi56.com 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »