17/02/2022 às 17h12min - Atualizada em 18/02/2022 às 13h10min

Consórcio vence leilão de iluminação pública de Caruaru

O consórcio ofereceu a proposta mais vantajosa, com menor valor de contraprestação mensal. A oferta foi de R$ 388,2 mil, com deságio de 66,21% em relação ao valor máximo definido.

SALA DA NOTÍCIA Agência Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2022-02/consorcio-vence-leilao-de-iluminacao-publica-de-caruaru

O Consórcio Luz de Caruaru foi o vencedor do leilão do projeto de Parceria Público-Privada (PPP) de iluminação pública promovido pela prefeitura de Caruaru (PE), na B3, em São Paulo. O consórcio é formado pela Enel, Mobit e Selt Engenharia e a concessão é por 20 anos.



O consórcio ofereceu a proposta mais vantajosa, com menor valor de contraprestação mensal. O valor ofertado foi de R$ 388.204,86, com deságio de 66,21% em relação ao valor máximo definido em edital, de R$ 1,15 milhão. 



A parceria público-privada inclui implantação, recuperação, instalação, modernização, melhoramento, expansão, operação e manutenção da rede de iluminação municipal. A concessão prevê ainda a implantação de lâmpadas de LED nos pontos de iluminação pública do município. A expectativa é que sejam investidos R$ 105 milhões no sistema ao longo de 20 anos. 



A PPP é resultado da cooperação da prefeitura de Caruaru com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). "Trata-se de um leilão relevante para o banco porque atende a uma de nossas prioridades estratégicas: cidades. Levar o estado da arte na estruturação de projetos de iluminação, mobilidade urbana, saneamento e resíduos sólidos para reduzir um hiato em infraestrutura em grandes centros urbanos do interior do Nordeste. Aplicamos o que há de melhor em modelagem no Brasil para beneficiar 365 mil caruaruenses. Vamos modernizar o parque de iluminação pública e reduzir em quase 50% o consumo com energia elétrica pela cidade", disse Gustavo Montezano, presidente do BNDES. 



“Essa carteira de iluminação pública é uma carteira que o governo federal tem apoiado há cerca de quatro ou cinco anos, no máximo, e hoje ela tem 40 projetos em estruturação. O projeto da prefeitura de Caruaru é o 13o que é levado a leilão. Seis deles sob estruturação do BNDES. Os demais sob o fundo de estruturação de projetos da Caixa Econômica Federal. Temos aí 27 projetos em carteira para serem levados a licitação. O próximo também é estruturado pelo BNDES, que é de Jaboatão dos Guararapes”, disse Manoel Renato Filho, diretor de Programa da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos do Ministério da Economia.



Segundo a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, a concessão vai trazer avanços para a cidade, dando mais segurança e sustentabilidade. “[Isso] permite à nossa cidade ser mais inteligente, mais segura e dar mais qualidade de vida para nossa população”, disse.




Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/feed/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »