18/02/2022 às 10h08min - Atualizada em 18/02/2022 às 20h12min

Um dos países com maior população de animais de estimação no mundo, Brasil tem alta procura por curso superior de Medicina Veterinária

De olho nas tendências do mercado, Una Liberdade inicia graduação com investimentos em laboratórios e espaços para atuação clínica em pequenos animais

SALA DA NOTÍCIA Fernanda Teixeira
Divulgação Una
O segmento veterinário para animais de pequeno porte está cada vez mais forte e presente na economia global, trazendo oportunidades amplas de atuação entre empreendedores e veterinários especializados. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (ABINPET), o Brasil ocupa o 3º lugar no ranking mundial de países com maior população total de animais de estimação e está entre os maiores mercados do mundo para produtos pet. Impulsionado pela pandemia e permanência das pessoas em casa com seus animais de companhia, o país obteve um faturamento superior a R$ 40 bilhões e crescimento de 13,5% em 2020 neste setor, de acordo com o Instituto Pet Brasil (IPB).

Como resultado de um cenário promissor, é crescente, também, a busca pelos cursos superiores em Medicina Veterinária. Segundo Idelvania Nonato, professora da Una Liberdade – instituição da Ânima Educação - nos últimos anos, as pessoas passaram a desenvolver um relacionamento ainda mais humanizado com os pets, com maior preocupação e investimentos na saúde. “Isso provocou um boom no mercado e fez com que o curso de Medicina Veterinária entrasse no ranking das profissões em alta. A Una, que já adota um posicionamento pet friendly, investiu na expansão do seu portifólio com essa nova graduação no campus Liberdade. Os alunos poderão usufruir de uma estrutura de primeira, com laboratórios e centros médicos equipadas, além de um espaço aberto e verde, adequado ao desenvolvimento das clínicas com foco nos pequenos animais”, diz. 

Uma pesquisa da Euromonitor aponta que a estimativa de crescimento do mercado veterinário é de 42,7% até 2025 em comparação com 2020. “São muito positivas as oportunidades para quem deseja atuar na área. O Brasil tem cerca de 144 milhões de animais domésticos de pequeno porte, entre cachorros, gatos, aves, peixes e outros, fora que a expectativa de vida entre eles também é maior atualmente, em função de todos os investimentos em cuidados e saúde. A Una lançou o curso superior de Medicina Veterinária com um olhar muito antenado às tendências do mercado. O aluno concluirá a formação em cinco anos e sairá apto a atuar em qualquer área dentro da profissão”, destaca.

O curso será oferecido nas modalidades manhã e noite, ofertando disciplinas como clínica médica, cirurgia, reprodução e produção, áreas de diagnósticos por imagem e exames complementares, áreas da saúde pública, medicina veterinária investigativa, zootecnias e pesquisas, além de incentivar um olhar crítico sobre o papel dos veterinários para a sociedade.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »