21/02/2022 às 12h59min - Atualizada em 21/02/2022 às 17h51min

Container Segurança tem aumento de 15% nas adesões durante a pandemia

Minas Gerais é o Estado com mais aberturas entre março de 2020 e novembro de 2021, oito no total

SALA DA NOTÍCIA Patricia Nascimento
Importante termômetro para a economia, o mercado de trabalho vem sendo bastante afetado desde o início da pandemia – decretada oficialmente pela OMS em meados de março de 2020. Desde então, segundo dados revistos recentemente pelo IBGE, o Brasil ultrapassou a marca dos 15 milhões de brasileiros desempregados.

Apesar do cenário, a necessidade ou a oportunidade tem levado muitos brasileiros ao caminho do negócio próprio. Impulsionado pelos MEIs, o número de negócios abertos em meio à Covid-19 também aumentou, tornando-se o maior desde a série histórica em 2010 – de acordo com o Mapa de Empresas do Ministério da Economia, que aponta um saldo positivo de 2,315 milhões.

“Um negócio de oportunidade tende a ser mais seguro, com chances de erro menores, uma vez que o novo empreendedor teve tempo de estudar o mercado, identificar uma brecha e definir seu foco de investimento. Isso não minimiza os acertos e o sucesso de um negócio surgido da necessidade, mas permite mais liberdade – financeira, inclusive – já que a preocupação não é o investimento a qualquer custo”, pontua Walmir Castanha, Diretor de Franquias e Operações da Container Segurança.

Apoiada em suas vantagens que permeiam expansão veloz, mais eficiência, estrutura reduzida, ingresso em novos mercados, canal diferenciado para produtos e/ou serviços, fortalecimento da marca e menos riscos trabalhistas, a franchising também cresceu na pandemia e manteve a trajetória de recuperação em relação ao ano passado.

Tal estabilidade foi refletida na Pesquisa Trimestral de Desempenho do Setor, realizada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) em parceria com a AGP. De acordo com o estudo, o faturamento chegou a R$47,3 bilhões em 2021 – um crescimento de 0,4% em relação ao 3º trimestre no pré-crise. No acumulado do ano da receita de 2020, o percentual sobe para 8,4.

O momento tem propiciado a busca por franquias menores e mais compactas. O Sebrae, em 2020, apontou a abertura de mais de 626 mil micros e pequenas empresas em todo o país. “Nós somos um modelo de microfranquia que presta serviços para o segmento de casa e construção, que cresceu 10,8% nesse período”, comenta Walmir.

Container Segurança
Presente em mais de mil cidades, a Container Segurança é a maior locadora de Containers do país, possuindo mais de 150 unidades espalhadas pelo Brasil. Entre março de 2020 e novembro de 2021, a franqueadora passou a contar com 16 novas unidades, cuja maior incidência se deu em Minas Gerais, onde foram abertas oito unidades. “Tivemos um aumento de 15% nas adesões durante a pandemia, sendo janeiro do ano passado o melhor mês do período. Uma das nossas vantagens é não exigir do franqueado a contratação de colaboradores. Ou seja, ele mesmo pode operar a atividade, que também não necessita de um ponto comercial, apenas um local para depósito dos containers”, conclui o diretor.

Reconhecida como melhor franquia pela revista “Pequenas Empresas Grandes Negócios”, a franqueadora revolucionou o segmento com a criação de uma solução de armazenamento móvel segura, simples e barata. O processo para tornar-se um franqueado é facilitado e dura cerca de dez dias para formalização, incluindo a reunião de apresentação, preenchimento e aprovação da ficha de pré-qualificação, e o encaminhamento da COF (Circular de Oferta).

Associada à ABF – Associação Brasileira de Franchising, a franqueadora oferece containers para obras, chuveiro ecológico, banheiro ecológico, almoxarifado móvel e módulos habitáveis em sua cartela de produtos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »