21/02/2022 às 12h08min - Atualizada em 21/02/2022 às 18h00min

OSRAM lança programa de confiança para que os consumidores consigam conferir a autenticidade de seus produtos

Com o slogan “Não confie nos seus olhos, confie na OSRAM”, a empresa orienta verificação em dois passos de forma on-line

SALA DA NOTÍCIA Suzi Correa
gpimage.com.br
OSRAM

Nos últimos anos, a pirataria no setor de lâmpadas automotivas cresceu significativamente se tornando um problema mundial, já que peças falsificadas trazem sérios prejuízos por não atender às normas vigentes, assim como o baixo desempenho e a possibilidade de ofuscar os motoristas que circulam em sentido contrário, colocando vidas em perigo.

Priorizando a segurança, a OSRAM, multinacional alemã líder no setor de iluminação automotiva, lança o Programa de Confiança OSRAM para que os consumidores possam conferir a autenticidade de seus produtos por meio do site da marca. “Qualidade e desempenho é o que torna qualquer produto da OSRAM uma OSRAM original. Sempre iremos prezar pela qualidade e, principalmente, pela segurança de nossos clientes e consumidores”, afirma Murilo Karas, gerente de vendas nacional automotivo -- AFTM da OSRAM Brasil.

Para o processo, a empresa implementou características de segurança em sua etapa de fabricação, permitindo que a originalidade das lâmpadas sejam facilmente verificadas em dois passos e de forma on-line.

Saiba como é possível reconhecer a autenticidade de uma lâmpada OSRAM

É muito fácil atestar a autenticidade de um produto OSRAM. Veja a seguir como funciona.

Passo 1. Introduza o código da sua etiqueta

O cliente deve digitar o código de sete dígitos da etiqueta fixada na embalagem ou, simplesmente, digitalizar o código QR no site da OSRAM.

Passo 2. Verifique os dados da lâmpada

Após a verificação do código da etiqueta, o consumidor deve conferir os dados. Eles devem corresponder aos dados no casquilho da(s) lâmpada(s) ou as informações exibidas na embalagem. Se o produto for pirata, os dados não vão aparecer. Neste momento, o cliente pode acionar o seu fornecedor.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »