21/02/2022 às 09h58min - Atualizada em 21/02/2022 às 18h12min

A hora de priorizar a conservação do meio ambiente

A implementação de estratégias voltadas para a área ambiental tem proporcionado vantagens para empresas

SALA DA NOTÍCIA Andrew Silva Alfaro
Andrew Silva Alfaro (*)

A cada dia, mais empresas vêm se preocupando com o seu processo de gestão ambiental. A proteção do meio ambiente tem surgido como fator essencial na gestão das organizações, sendo assim, a implementação de estratégias voltadas para a área ambiental tem proporcionado vantagens para as empresas tais como a redução de custos, melhor visibilidade organizacional, lucratividade, bem como a gestão eficiente dentro dos processos ambientais.

Para que a gestão ambiental funcione de forma efetiva dentro da empresa, faz-se necessário o empenho de toda a organização bem como da criação de um programa de gestão ambiental adequado e efetivo. Esse programa deve ser conduzido por pessoas que tenham conhecimento referente aos procedimentos da organização com relação à preservação do meio ambiente. É o primeiro passo para a empresa assumir um compromisso com a sociedade, demonstrando assim suas intenções e seus princípios de ação em relação às questões ambientais.

Os administradores devem agir estrategicamente em relação às questões ambientais, pois os recursos naturais são limitados e devem ser usados de forma adequada. As empresas precisam aperfeiçoar seus processos produtivos em relação à preservação do meio ambiente. Várias questões devem ser observadas, tais como a possibilidade de reciclagem de resíduos e o manejo correto dos recursos energéticos, humanos, materiais entre outros.

A gestão ambiental deve ser analisada dentro das empresas como um conjunto de ferramentas que permite criar estratégias relacionadas ao meio ambiente e que tem como principal objetivo tornar a organização sustentável como um todo.

Entre os benefícios da gestão estratégica na área ambiental estão a melhoria da imagem da empresa na sociedade, a redução de riscos e acidentes ambientais, o cumprimento da legislação bem como a melhoria na utilização dos recursos naturais como água, luz e solo.

Está mais do que na hora de instrumentos como política de gestão ambiental, estudo de impacto, cumprimento de todas as etapas do licenciamento e implementação de um planejamento ambiental com as ações de educação para a comunidade serem inseridos no dia a dia das empresas. O planeta agradece.


*Andrew Silva Alfaro é professor (tutor) nos cursos de Gestão de Organizações do Terceiro Setor e Práticas Integrativas e Complementares do Centro Universitário Internacional Uninter.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »