21/02/2022 às 00h31min - Atualizada em 21/02/2022 às 18h12min

Digital Design ganha espaço e se torna chave para a inovação no mundo digital

O termo tornou-se popular através das relações dentro das empresas

SALA DA NOTÍCIA Agência Oliver Press

Novas formas de comprar e novos modelos de trabalho fizeram com que o relacionamento entre funcionários, clientes e empresas seja prioritariamente digital e evidenciam a importância de uma cultura voltada à experiência total. 

Dentro desta perspectiva, o termo design digital vem se popularizando no universo corporativo, que antes tinha uma visão limitada sobre o significado e o poder de transformação dessa disciplina. Dados da pesquisa Business Value of Design, da consultoria McKinsey apontam que companhias com alto desempenho em design têm 32% a mais de receita em relação aos seus concorrentes.

Hoje, a área de design é considerada um dos principais vetores de crescimento dentro das empresas, possibilitando que se criem conexões entre tendências que ajudam a transformar a vida e a forma de criar relações entre pessoas, produtos e serviços. E isso já pode ser observado como uma das aptidões mais procuradas no mercado de trabalho. De acordo com o LinkedIn, uma das maiores redes sociais corporativas do mundo, profissões atreladas ao Design, seja para experiência ou para a capacitação e vivências estão no TOP 10 de cargos mais procurados no site. 

Para Caroline Capitani, VP de Design Digital e Inovação na ilegra, empresa global de design, inovação e software, a palavra design está retornando a sua etimologia, que significa a aplicação de projetos. Segundo a especialista, o avanço da cultura digital e a aceleração que sofremos devido a pandemia da Covid-19 foram essenciais para rever o conceito no ramo B2B. Assim, entender o design como uma ferramenta de funcionalidade para quem está imerso na experiência. Sendo assim, “tudo o que for planejado deve ter forma e função, sem perder de vista o público para o qual foi projetado, que é a real razão de existir. Com o objetivo de colocar as pessoas no centro, o design tornou-se uma peça fundamental para abrir possibilidades”, conta Capitani. 

Além disso, para fomentar ainda mais o desenvolvimento das pessoas nas empresas, o design levanta a interatividade como ferramenta para conectar os três principais eixos das grandes corporações. Segundo Rodolfo Gomes, especialista em interatividade para empresas, o conceito de Digital Design, acelerado nos últimos meses no Brasil, leva as lideranças a pensarem essa ferramenta de outra maneira. Dessa forma, “ o design reforça que as pessoas não querem apenas os produtos, mas sim a perspectiva oferecida dentro da imagem do que está entrando em suas vidas. Elas querem a identidade, o posicionamento social e a representatividade do seu cotidiano.”

No ambiente de trabalho, o design pode ter relacionado a diversas tendências, entre elas, o Digital First. A VP de Design Digital e Inovação da ilegra reforça que “a força de trabalho híbrida e remota precisa de um ciclo de vida desde do onboarding até o desligamento de forma integrativa e digital”. E isso pode ser realizado a partir da agregação de novas tecnologias ligadas ao Design dentro das corporações, como a adoção de vídeos interativos. Gomes comenta que “a interatividade começa a partir da possibilidade de criar trilhas de aprendizagem individuais, considerando o contexto, a memória e a capacidade de inovar de cada pessoa que recebe o conteúdo”.

Para atender as demandas da experiência dos clientes, dos colaboradores e de quem contribui para o crescimento das empresas, é importante voltar os olhares para o que há de novo neste segmento. Uma das tendências ressaltadas para 2022 é o crescimento do uso de NFTs - tokens não fungíveis - que podem ser novos formatos de comunicação, seja profissional ou pessoal. No ambiente interno e virtual das instituições, a tecnologia pode ser utilizada para criar aproximação e identificação dos colaboradores, levando a experiência do design para outro nível, como aperfeiçoamento comportamental e identitário de cada um. O pensamento focado no Digital Design, como tendência, mercado e até mesmo como possibilidade de comunicação interna e externa levanta a integração para levar a ferramenta a se tornar um método imersivo no cotidiano das empresas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »