24/02/2022 às 12h58min - Atualizada em 24/02/2022 às 17h02min

Páscoa: aproveite a data para alavancar seu negócio gastronômico

Ainda dá tempo de planejar ações para atrair o cliente para a data sazonal

SALA DA NOTÍCIA Assessoria de Imprensa
A Páscoa é uma das datas comerciais que mais impactam o mercado gastronômico que tanto sofreu com as restrições da pandemia nos últimos dois anos. Neste momento de retomada é preciso calcular e planejar de forma adequada as ações para atrair os clientes e gerar uma receita maior, ou quem sabe extra, para o negócio.

Claro que empreendedores e empresários do ramo chocolatier tem uma vantagem comercial, afetiva e cultural nesta data. Mas é preciso pensar fora da caixa, pois o consumidor está em busca de novidades constantemente. “Ele quer algo além do chocolate transformado em ovo de Páscoa. Este produto não é novidade, ele é conhecido, é comum dentro do segmento, da proposta de negócio. A novidade está em como ele será apresentado: sua embalagem, tamanho, sabor, recheio, componentes internos – vi uma proposta que vem uma cerveja dentro do ovo. Isso é sair da caixinha. Surpreender, encantar...inovar!”, explica Vera Araújo, consultora e especialista em empreendimentos gastronômicos da VA Gestão de Negócios. 

Já restaurantes, cafeterias e docerias, por exemplo, podem aproveitar para lançar uma receita nova, com inspiração na Páscoa, seja no popular coelho ou nas histórias religiosas. “Veja o que faz sentido para o seu negócio, para o seu público. De repente, o chocolate é apenas o coadjuvante da sua história e não o ator principal. Ir na onda, no que todo mundo está fazendo, não é uma boa saída, precisamos sempre encontrar o meio termo, seguir a correnteza, mas criarmos ilhas no meio do caminho. Personalize o seu produto para atender as necessidades do seu cliente” enfatiza a especialista.

O chocolate não é o único protagonista da Páscoa. O bacalhau já é um clássico das mesas brasileiras nessa época do ano. Isso por que, na sexta-feira-santa, na tradição católica, a carne é abolida. “Hoje em dia, mesmo quem não é religioso, aproveita a data para comer um bom prato de peixe”. “Mas se o bacalhau é um peixe caro demais para o seu menu ou não se adequa à forma de serviço, pense em outras preparações à base de peixe ou mesmo vegetarianas”, completa. “É preciso estar atento aos diferentes públicos que podemos atender na atualidade: vegetarianos, veganos, plant-baseds. Tenha sempre algo que possa atendê-los, mesmo que esse não seja seu público-alvo. Lembrese: a hospitalidade é inclusiva!”, finaliza.

Com o menu pensado, é hora de fazer o seu cliente saber das novidades. A especialista em Marketing Digital, Amanda Sabadell, que também é foodstyling ressalta que a divulgação deve ser feita em todos os canais disponíveis. “Tire belas fotos, daquelas de encher os olhos, divulgue para o seu cliente em todos os seus canais, incluindo Whatsapp e plataformas de vendas online, se for o caso. Enquanto estiver fazendo os testes, preparando o alimento, dê spoilers aos clientes, instigue, diga a ele, antes mesmo do menu estar fechado, que você está preparando algo especial para a data”.

Vera Araújo é especialistas em Gestão de Negócios de Gastronomia.
Amanda Sabadel é especialista em Marketing Digital e Foodstyling.


Sobre a VA Gestão de Negócios
Idealizada por Vera Araújo, profissional de mais de 25 anos de atuação em negócios gastronômicos, a VA Gestão de Negócios é uma consultoria com um olhar 360º para a gestão, atuando em todas as áreas de um empreendimento gastronômico, do planejamento, gestão e marketing ao operacional. Entre os principais clientes estão o Itaú, Vaca Véia, Brodo Ristoranti, Madureira e Cozinha de Afeto.
A VA Gestão de Negócios foi criada por uma mulher negra e tem como um de seus princípios a diversidade, por acreditar que as diferenças são um ingrediente essencial para a construção de um negócio inovador. Comandada por mulheres que enfrentam diariamente as dificuldades de estarem inseridas em uma área que ainda é predominantemente masculina, conta ainda com expertises de chefs de cozinha, que atuam de forma autônoma.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »