25/02/2022 às 11h20min - Atualizada em 25/02/2022 às 15h41min

Como montar a sua horta em pequenos espaços?

Engenheiro agrônomo da Forth Jardim dá dicas de como cultivar a sua própria horta em casa

SALA DA NOTÍCIA Cinthia Curado
Divulgação
Foi-se o tempo em que ter uma horta era um privilégio exclusivo das pessoas que moram em áreas rurais. Além das plantas e flores que já faziam parte de muitos lares urbanos e que têm conquistado cada vez mais espaços nas decorações e ambientes internos, as hortas também estão se tornando populares e mostrando que mesmo em pequenos espaços e em recipientes variados é possível cultivar seus próprios temperos e hortaliças em casa. 

Em primeiro lugar, além de escolher o que deseja cultivar e qual será o local definido para isso, é preciso definir também se quer iniciar a sua horta a partir de sementes, ou se já vai começar o processo com a muda pronta. 

“A parte legal de começar com o plantio da semente é ver ela germinar, acompanhar a mudinha nascendo e crescendo, para depois com ela já grandinha, plantá-la no local definitivo e continuar com os cuidados necessários para que ela se desenvolva bem”, explica o engenheiro agrônomo da Forth Jardim, Marcos Feliciano. 

Confira as dicas do agrônomo para montar a sua horta em 4 passos: 

•    PASSO 1 – Semente x Muda
Escolha de que forma irá iniciar a sua horta, se será com sementes ou mudas já prontas.

•    PASSO 2 – Processo da bandeja (plantio de sementes)
. Em uma bandeja com vários compartimentos, preencha os espaços com substrato. A Forth Jardim acaba de lançar um substrato especial para hortaliças com matéria-prima de origem vegetal e ideal para pequenos espaços;
. Após estarem todos preenchidos, faça pequenos buracos para colocar as sementes (com 1 a 1,5cm). É recomendável colocar de 2 a 3 sementes em cada uma das células (buracos), pois nem sempre todas elas germinam;
. Depois de acrescentar as sementes, espalhe vagarosamente (polvilhando) um pouco mais de substrato sobre a bandeja. Para completar, ajeite com as mãos o substrato que foi acrescentado até que os buracos fiquem bem cobertos; 
. Assim que terminar o plantio, faça uma boa rega. A semente precisa de bastante água para germinar, por isso é importante regar diariamente e dependendo do caso, até duas vezes por dia;
. Essa bandeja já pode ficar diretamente no sol, ou se possível em uma meia sombra, onde não fique exposta ao sol o dia inteiro.

•    PASSO 3 – Local definitivo (plantio da muda)
. Depois da sua semente ter germinado e a muda se formado, ou caso você tenha optado por iniciar a sua horta a partir do plantio de mudas compradas, escolha o vaso, recipiente ou o local onde você pretende criar a sua horta; 
. Caso ele não esteja furado é necessário fazer furos embaixo para que a água possa escoar; 
. Acrescente uma primeira camada de pedra (é indicado a pedra de argila), para fazer a drenagem. Para melhorar ainda mais a drenagem e não permitir que o substrato saia pelo fundo do vaso, utilize também uma manta por cima das pedras;
. Após formar as duas camadas iniciais acrescente o substrato por cima, o suficiente para dar altura no vaso (lembrando que quando você for regar, a tendência é que esse substrato desça um pouco); 
. Faça um buraco, dessa vez não tão raso, que seja o suficiente para colocar a muda. Acomode a muda no local e vá ajeitando o substrato com as mãos para que a muda fique firme no local.

•    PASSO 4 – Cuidados após o plantio
Mesmo que você tenha pouco espaço é importante escolher o local ideal para deixar a sua horta. É importante que ela receba pelo menos 4h de sol diariamente.
No caso das hortaliças, a água também é um fator muito importante sendo necessário regá-las diariamente e, em alguns casos, dependendo do tamanho do vaso, até duas vezes por dia. 
Sete dias após ter plantado a muda, você pode começar com adubação, que vai ajudá-la a crescer e se desenvolver melhor. E não esqueça também de sempre regar após a adubação. Para obter um melhor resultado é importante utilizar o adubo mais indicado para cada tipo de hortaliça.  

Depois desses passos é só esperar que a sua horta cresça e colher os resultados. 

Por que usar substrato? 
Optar por utilizar o substrato como base para sua horta, ao invés de terra é vantajoso porque te garante um plantio mais “limpo”. Ao contrário da terra, o substrato é livre de sementes de mato, o que significa que você não precisará se preocupar em ter que controlar os “matinhos” nascendo junto com a sua horta. Vale ainda ressaltar que o substrato é bem soltinho e já vem totalmente pronto para uso, sem precisar fazer nenhum tipo de mistura.  

Acompanhe o passo a passo no vídeo: 
https://www.youtube.com/watch?v=Bn_sQ5JUz_c

Lançamento – Substrato Forth Hortaliças
A Forth Jardim, empresa brasileira especializada em soluções para os cuidados com as plantas, acaba de lançar o Substrato Forth Hortaliças, um produto específico para o plantio de hortaliças. Com matéria prima de origem vegetal – casca de pinus decomposta e cinzas, o produto é considerado um substrato “classe A”. 
Ideal para hortas em pequenos espaços, seja em casa ou apartamento, vasos, jardineiras ou canteiros, o Substrato Forth Hortaliças pode ser usado em todas as fases da horta, desde base tanto para o plantio de sementes em bandejas, quanto para o crescimento e desenvolvimento após plantar as mudas no lugar definitivo. Além disso, o produto já vem pronto para uso, ou seja, não precisa misturar nenhum outro produto para utilizar.
O substrato está disponível em embalagens de 2kg e pode ser encontrado nas principais lojas especializadas do setor e varejos do país. 

Informações adicionais para a imprensa
PIPAH COMUNICAÇÃO

Cinthia Curado - 11 98563-4924 | cinthia.curado@pipah.com.br
Érica Brito - 11 99562-0913 | erica.brito@pipah.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »