25/02/2022 às 11h45min - Atualizada em 25/02/2022 às 15h41min

Após dominar o mercado de prospecção digital, Ramper expande portfólio com solução para engajamento de leads

Startup ultrapassou R$ 10 milhões em receitas atuando exclusivamente em prospecção digital e agora estima crescimento com novos produtos voltados para a área de marketing e vendas

SALA DA NOTÍCIA Redação

Pensando em atender às novas necessidades do mercado B2B, a Ramper, principal plataforma de prospecção e engajamento de leads do País, lançou recentemente seu novo produto que tem como objetivo trazer automação e inteligência ao processo de geração de leads reativos: o Ramper Engage. Após dominar o mercado de prospecção digital e obter receita de R$ 10 milhões atuando exclusivamente neste nicho, a startup expande seu portfólio e projeta sólido crescimento nos próximos anos. 

“Desde que a Ramper iniciou as operações, em 2017, conseguimos dominar o espaço de prospecção digital no mercado B2B. Dentre nossos principais feitos, conseguimos transformar a carreira de vendas B2B no Brasil. Hoje, grande parte desses profissionais contam com processos, métricas e ferramentas capazes de escalar o seu trabalho de uma maneira muito mais eficiente. A entrada na esfera de geração de leads reativa é o primeiro passo para levar a empresa a um patamar muito superior”, afirma Ricardo Corrêa, CEO da Ramper. 

De acordo com o empreendedor, o Ramper Engage chega ao mercado como uma solução que pretende diminuir o desperdício dos contatos que se convertem através do site das empresas, automatizando o processo desde a distribuição dos leads entre os vendedores até o agendamento da reunião. Para isso, a própria área de vendas da startup foi utilizada como laboratório para o lançamento do produto. “Em 2021, passamos a maior parte do tempo desenvolvendo os componentes desta nova solução, assim como pesquisando com os clientes e validando internamente as hipóteses de como melhor resolver a dor. Hoje, a geração de leads ativa - via prospeção - é digital e escalável, e agora estamos trazendo o mesmo conceito para a geração de leads reativa”, conta Corrêa.

Corrêa explica que o desenvolvimento da solução foi motivado pela ineficiência apresentada por diversas empresas no processo de geração de leads. “Na maioria dos casos, um contato que se converte em um site acaba indo parar em uma caixa de e-mail genérica onde alguém faz manualmente o roteamento daquele lead para algum profissional de vendas atender. Esse profissional, por sua vez, retorna o contato para tentar agendar uma reunião com o lead. Cada etapa desse processo é manual e cheia de falhas, levando muitos dias entre a conversão no site e a reunião, o que resulta em desinteresse por parte do lead. As estatísticas mostraram que as empresas perdem mais da metade dos leads gerados em razão dessa ineficiência”, explica.

O CEO da Ramper argumenta ainda que este é um problema que afeta players de diferentes escalas de tamanho e segmentos, impactando financeiramente essas organizações. “Isso acontece porque as empresas investem em marketing de conteúdo, mídia paga e outros canais de tráfego, mas acabam desperdiçando mais da metade dos esforços e investimentos neste gargalo. Quanto mais ágil e fluido é o processo de conexão com o lead, maiores são as chances de conversão em venda”, afirma.

O Ramper Engage poderá ser contratado tanto pelos clientes da empresa que já usam o produto de prospecção - que passa a se chamar Ramper Prospect -, quanto por novos clientes, a partir de janeiro de 2022. Tanto as cadências, quanto os canais de comunicação - e-mail, chat, telefone, agenda -, utilizam a inteligência já validada da plataforma Ramper. Para mais informações, acesse: http://ramper.com.br/engage


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »