23/03/2022 às 04h15min - Atualizada em 23/03/2022 às 06h14min

Professores da USP ficam 'presos' na Ucrânia por Covid e pela guerra

Retorno da férias foi adiado em janeiro pela doença; lei impede volta de casal ucraniano

Folha - Mundo
https://redir.folha.com.br/redir/online/mundo/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2022/03/professores-da-usp-ficam-presos-na-ucrania-por-covid-e-pela-guerra.shtml



Os professores da USP Kostiantyn Iusenko, 39, e Nataliia Goloshchapova, 36, esperavam com ansiedade a viagem de férias à Ucrânia após dois anos de pandemia, período em que pouco saíram de casa na zona oeste de São Paulo. Os familiares, a comida e os lugares que marcaram suas vidas antes de se mudarem para o Brasil, há nove anos, estavam presentes na memória. O reencontro do casal com o passado traria a sensação de aconchego de que tanto precisavam.
Leia mais (03/23/2022 - 04h15)

Fonte: https://redir.folha.com.br/redir/online/mundo/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2022/03/professores-da-usp-ficam-presos-na-ucrania-por-covid-e-pela-guerra.shtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »