23/03/2022 às 11h35min - Atualizada em 23/03/2022 às 11h41min

Aulas presenciais em Rio Preto já atinge 95% dos alunos da rede municipal

O uso de máscara dentro de sala de aula continua obrigatório em algumas unidades escolares.

Harley Pacola
Divulgação
A Secretaria de Educação de Rio Preto afirmou que nesta segunda-feira, 21, cerca de 95% dos alunos matriculados na rede municipal de ensino assistiram as aulas de modo presencial. Desde segunda é obrigatória a presença dos alunos em sala de aula atendendo decreto do prefeito Edinho Araújo (MDB), publicado no sábado 19, que estabeleceu regras nas escolas municipais tornando obrigatório o retorno às aulas e atividades presenciais aos alunos das escolas de Rio Preto e instituições parceiras.

Segundo o decreto “somente poderão se manter exclusivamente em atividades remotas e ter suas faltas abonadas, os estudantes que pertencerem ao grupo de risco para a covid-19, mediante apresentação de atestado médico que indique o impedimento de comparecer às aulas presenciais, devendo seus responsáveis legais apresentar declaração comprometendo-se com a participação destes alunos em atividades remotas e ciência de que as atividades terão caráter obrigatório e que serão consideradas no processo de avaliação”.

O Dhoje solicitou o número de quantos alunos não compareceram as aulas nas escolas e quantos acabaram justificando as ausências em conformidade com o que diz o decreto. A pasta informou que os dados ainda estão sendo levantados, mas que quase a totalidade dos alunos matriculados, 39.700, já vinham tendo aulas normalmente mesmo sem a obrigatoriedade estabelecida por decreto.
“As faltas são anotadas na caderneta do aluno. Em caso das faltas serem por repetidos dias seguidos acionamos a busca ativa e levamos o caso para conhecimento do conselho tutelar”, afirmou por meio de nota a pasta de Educação ao explicar o que é feito quando não há justificativa da falta por parte do aluno.

Com o retorno presencial 145 escolas pertencentes ao município passam a receber os alunos. As aulas do ano letivo de 2022 tiveram início no dia 2 de fevereiro, início do ano letivo, mas a presença não era obrigatória em sala de aula devido aos números relacionados a Covid-19 que ainda se encontrava em patamares elevados.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »