25/03/2022 às 11h13min - Atualizada em 25/03/2022 às 15h33min

Red Hat impulsiona inteligência artificial com o Red Hat OpenShift

Solução ganha novas funcionalidades, além de certificação NVIDIA AI Enterprise 2.0 para agilizar o desenvolvimento de aplicações inteligentes

SALA DA NOTÍCIA Linhas Comunicação
A Red Hat Inc., líder global no fornecimento de soluções open source, anunciou novas certificações e funcionalidades para o Red Hat OpenShift com o objetivo de acelerar a entrega de aplicações inteligentes por toda a nuvem híbrida. Estas melhorias, incluindo a certificação do Red Hat OpenShift com o NVIDIA AI Enterprise 2.0, devem ajudar as organizações a implantar, gerenciar e escalar cargas de trabalho de inteligência artificial (IA) de forma mais segura e consistente.

Segundo o Gartner®, a receita global com software de inteligência artificial (IA) deve chegar a US$ 62,5 bilhões em 2022, um aumento de 21,3% em comparação com 2021. À medida que funcionalidades de IA e machine learning são integradas a aplicações nativas em nuvem para entregar mais valor para os consumidores, precisam de uma plataforma mais ágil, flexível e escalável, como o Red Hat OpenShift.
 

Novas funcionalidades

O Red Hat OpenShift 4.10 continua a expansão da plataforma para dar suporte para um amplo espectro de cargas de trabalho nativas em nuvem por toda a nuvem híbrida, permitindo que as organizações operem cargas de trabalho AI/ML em ainda mais ambientes. A mais recente acrescenta suporte para mais nuvens públicas e arquiteturas de hardware, fornecendo às organizações a flexibilidade para escolher onde operar suas aplicações, tornando seu desenvolvimento o mais fácil possível.

“Vemos containers e Kubernetes como as chaves para acelerar este novo ciclo de aplicações. O Red Hat OpenShift não apenas fornece a flexibilidade, portabilidade e escalabilidade para treinar, testar e implantar modelos de IA/ML, mas também funcionalidades DevOps integradas para melhorar a colaboração entre cientistas de dados e desenvolvedores de software”, explica Joe Fernandes, vice-presidente e gerente geral do Platforms Business Group da Red Hat.

Gerenciar cargas de trabalho modernas e diversas pode frequentemente exigir mais supervisão e governança. Por isso, o Red Hat OpenShift 4.10 também inclui três novos operadores de compliance que possibilitam aos usuários conferir seus clusters para compliance e remediar os problemas de segurança necessários. Além disso, o Red Hat OpenShift 4.10 inclui a disponibilidade geral dos containers em sandbox, fornecendo uma camada adicional de isolamento para cargas de trabalho com rigorosos requerimentos de segurança no nível das aplicações.
 

Agilizando a inovação

Enquanto a inteligência artificial está transformando a forma como as empresas fazem negócios, operacionalizar essa infraestrutura pode ser complexo e consumir muito tempo e recursos. Para acelerar esse processo, o Red Hat OpenShift já está certificado e tem o suporte da suite de software NVIDIA AI Enterprise 2.0, uma suite de IA nativa em nuvem de ponta a ponta, e software de data analytics que opera em sistemas mainstream certificados pela NVIDIA. Com o NVIDIA AI Enterprise no Red Hat OpenShift, os cientistas de dados e desenvolvedores podem treinar modelos mais rapidamente, inseri-los em aplicações e implantar em escala.  

“A adoção de IA empresarial está crescendo exponencialmente, transformando operações comerciais com novos níveis de automação e eficiência. A NVIDIA AI Enterprise é certificada no Red Hat OpenShift para entregar as mais novas suites de software IA com a plataforma líder em Kubernetes empresariais”, diz Justin Boitano, vice-presidente, computação acelerada e Edge Computing, NVIDIA.

Além da opção de implantar o Red Hat OpenShift em sistemas certificados pela NVIDIA com software de IA empresarial da NVIDIA, os clientes também podem inseri-lao nos sistemas suportados anteriormente pelo NVIDIA DGX A100. Isto permite que as organizações consolidem e acelerem todo o ciclo de vida MLOps, incluindo engenharia de dados, analytics, treinamento, desenvolvimento de software e inferência em uma infraestrutura de IA unificada. As funcionalidades integradas de DevOps e GitOps do Red Hat OpenShift também possibilitam que o MLOps acelere a entrega contínua de aplicações movidas a IA. Isto complementa o suporte planejado para as GPUs da NVIDIA disponíveis com o Red Hat OpenShift Data Science, anunciado anteriormente

O Red Hat OpenShift 4.10, assim como o NVIDIA Enterprise AI 2.0 no Red Hat OpenShift, já estão disponíveis para todo o mercado.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »