28/03/2022 às 12h25min - Atualizada em 29/03/2022 às 06h24min

Exposição no Minas Shopping retrata luta e superação de pacientes oncológicos

Mostra, gratuita e aberta ao público, reúne 50 fotografias em exposição no Piso 2

SALA DA NOTÍCIA Interface Comunicação
Exposição Famílias_foto divulgação
Até o dia 21 de abril, o Minas Shopping recebe a exposição “Retratos de superação”, que apresenta o olhar de pacientes e profissionais envolvidos no tratamento oncológico. Idealizada pela Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), a mostra inclui 50 fotos sob o viés de vitória contra a doença. Os registros estão expostos no Piso 2 do empreendimento.

A iniciativa, que está em sua sétima edição, é resultado de uma oficina, ministrada pelo fotógrafo João Kulcsár, com pacientes, cuidadores e profissionais envolvidos no tratamento oncológico. "As fotos transmitem e traduzem em imagens o que vemos, sentimos e realizamos; isso ajuda também a levantar um pouco a autoestima e encarar a doença”, conta Duda Dornelas, membro do comitê dos pacientes da Abrale.


Segundo ela, que foi diagnosticada com leucemia em 2015 e precisou realizar um transplante de medula óssea, a exposição traz narrativas que emocionam e podem inspirar pacientes em tratamento. “Eu estava com casamento marcado quando descobri a doença. Por intermédio de uma amiga, que já tinha sido curada da doença, comecei a ter mais fé e acreditar que eu também teria sucesso”, relata.

Na avaliação da gerente de Marketing do Minas Shopping, Ana Paula Alkmim, a exposição apresenta um olhar sensível sobre o tratamento do câncer e a superação da doença. “Por meio da arte, os pacientes conseguem expressar seus sentimentos e tudo o que vêm passando. São histórias que nos fazem refletir sobre aquilo que é mais importante na vida: a união e apoio daqueles que amamos”, afirma.


Síndrome de Down
Com foco na inclusão, o Minas Shopping também está com a exposição “Famílias 21”, que reúne fotos de crianças, jovens e adultos com síndrome de Down. As imagens, captadas pela fotógrafa Klivia Borges, em parceria com o Instituto Viva Down, buscam chamar a atenção do público para a necessidade de aceitação das diferenças.

Estão expostas 18 fotografias, que retratam 21 assistidos pelo Viva Down e seus familiares. "É uma forma de mostrar que há beleza em todos e que pessoas com síndrome de Down são capazes de fazer milhões de coisas, assim como outras pessoas", relata Iracema Machado, diretora do Viva Down. A mostra, gratuita e aberta ao público, está no Piso 2.

 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »