29/03/2022 às 10h58min - Atualizada em 29/03/2022 às 11h06min

Jovem é preso pela segunda vez quatro dias depois de furtar fios em Rio Preto

Dessa vez, os agentes da GCM realizavam patrulhamento pela Av. Alfredo Teodoro de Oliveira, quando se depararam com o indivíduo puxando fios de um poste de energia de uma residência.

Harley Pacola
GCM/Divulgação
Um jovem de 28 anos foi preso pela segunda vez pela Guarda Civil Municipal na madrugada desta terça-feira, dia 29, após ser flagrado furtando a fiação de uma residência no bairro Colorado, na região Norte da cidade. Há quatro dias ele havia sido detido pelos agentes pelo mesmo tipo de crime cometido no bairro Solo Sagrado, mas foi solto durante audiência de custódia. 

Desta vez, GCMs realizavam patrulhamento pela Av. Alfredo Teodoro de Oliveira, quando se depararam com o indivíduo puxando fios de um poste de energia de uma residência.  

Ao ser abordado, os agentes reconheceram que se travava do mesmo jovem que eles haviam prendido há dias atrás. Questionado ele disse que o “juiz era bonzinho”. 
Com ele, foram encontrados dois alicates e dois cadeados que foram rompidos das caixas de energia. Diante do fato, ele foi conduzido à Central de Flagrantes, permanecendo preso à disposição da Justiça.

Reincidente

A GCM prendeu nesta madrugada, 25, um homem de 28 anos por realizar furtos em igrejas, escola e casa no bairro Solo Sagrado.

Guardas foram verificar, ainda na noite do dia 24, uma denúncia de que um homem estaria furtando a fiação da E.M. Prof. Riscieri Berto, mas no local ninguém foi encontrado.

Com base nas características do indivíduo passadas pelo denunciante, a equipe continuou o patrulhamento na região, sendo abordada por um munícipe, que contou aos guardas que um homem com as mesmas características havia tentado furtar a fiação da sua casa.

Na madrugada, os guardas visualizaram um homem na rua com os mesmos aspectos passados pelos denunciantes. Ao ser abordado, com ele foi encontrada uma mochila com fios e ferramentas.

O indivíduo confessou o crime na escola, na residência e em duas igrejas, sendo assim, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhando à Central de Flagrantes, permanecendo preso à disposição da Justiça.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »