31/03/2022 às 13h06min - Atualizada em 31/03/2022 às 18h51min

Dia Mundial do Backup e a necessidade de uma estratégia recuperação de dados para a resiliência do negócio

Por mais que as ameaças evoluam, exigindo uma estratégia de proteção de dados moderna, alguns recursos nunca deixaram de ser tão importantes para os dias de hoje como o backup, tecnologia indispensável para a resiliência do negócio frente ao atual cenário de ataques cibernéticos.

SALA DA NOTÍCIA Alexandre Finelli
*Mauricio González

Vivemos tempos em que o óbvio precisa ser dito e repetido várias vezes. No mundo corporativo não é diferente. Estamos todos cansados de repetir os avanços que a digitalização trouxe para as companhias, aos colaboradores e aos clientes, assim como os riscos cibernéticos, cada vez mais inerentes aos negócios digitais. Por mais que as ameaças evoluam, exigindo uma estratégia de proteção de dados moderna, alguns recursos nunca deixaram de ser tão importantes para os dias de hoje como o backup, tecnologia indispensável para a resiliência do negócio frente ao atual cenário de ataques cibernéticos. Não é à toa que existe um dia mundial dedicado a ele, celebrado em 31 de março.

Dados do mais recente Data Protection Report da Veeam revelam o quanto as empresas brasileiras ainda estão vulneráveis e o quanto o backup pode auxiliá-las a tornar suas operações mais seguras. Entrevista com 175 companhias no país mostrou que 100% das organizações sofreram interrupções inesperadas nos últimos 12 meses, enquanto 95% delas possuem uma lacuna de proteção entre a quantidade de dados que podem perder após uma interrupção e a frequência de backup dos dados. 

Basta acompanhar o noticiário para ver que incidentes de segurança viraram uma rotina mundial, assim como no Brasil. Semanalmente, vemos órgãos governamentais e grandes corporações sendo vítimas de ciberataques e extorsões, deixando de operar por dias, acumulando prejuízo financeiro, danos contra a imagem, indenizações com usuários, multas milionárias ao infringir a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e perda de credibilidade dos consumidores. Nenhuma organização de nenhum setor escapa.

Já passou da hora das organizações não apenas investir em soluções que visam impedir os ataques de acontecer, mas em soluções e estratégias de resposta a incidentes, ou seja, o que se deve fazer quando uma empresa for comprometida. Mitigar os riscos ao máximo é fundamental, claro, mas ter planos emergenciais para recuperar dados e restabelecer as operações o mais rápido possível é vital para uma organização que deseja se manter competitiva. É nesse campo que o backup se faz tão importante, caso contrário, a indisponibilidade das operações pode gerar perdas irreversíveis para uma marca.

A estratégia para backup conhecida como 3-2-1-1-0, que consiste em ter três cópias diferentes dos dados, dois tipos distintos de mídia sendo um deles fora do local e outro com técnica air gap ou imutável, e apresentar zero erros após testes ou recuperação, tem auxiliado inúmeras empresas a restabelecer suas operações instantaneamente. É uma prática que pode ser elaborada por qualquer organização e a deixará preparada em caso de qualquer imprevisto, principalmente os de ransomware.

É preciso reforçar ainda que o backup de hoje não é a mesma ferramenta de anos atrás. Ele evoluiu e possui uma série de novas atribuições, como usar os dados armazenados para rodar testes ou extrair insights para os negócios. Ou seja, foi-se o tempo em que as informações ficavam armazenadas em um servidor totalmente estagnadas. Atualmente, as soluções de backup são automatizadas, inteligentes e ajudam os gestores nas tomadas de decisões. Sem falar que existe backup para praticamente tudo: aplicações, todos os tipos de nuvens, kubernetes e muito mais.

À medida que a transformação digital avança entre as empresas aumentando ainda mais o volume de dados a serem protegidos, as soluções de backup e recuperação são essenciais para a estratégia de Proteção de Dados Moderna de qualquer organização. As companhias precisam garantir que os seus backups estão prontos para serem recuperados no momento exato que for solicitado. Para isso, é fundamental contar com um parceiro especializado e investir em uma tecnologia que evolui com o tempo, ajudando as instituições a serem livres para inovar, e não ficar reféns de cibercriminosos. O sucesso do seu negócio hoje depende da segurança que ele oferece aos seus usuários, da resiliência e velocidade dele se reerguer frente a um incidente. 

*Mauricio González é Vice-Presidente de Vendas para América Latina e Caribe da Veeam Software
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »