01/07/2022 às 17h38min - Atualizada em 01/07/2022 às 23h01min

Fintech Teddy originou R$ 622 milhões em três meses

Para o próximo semestre, a projeção é dobrar as movimentações e ampliar a base de Business Bankers

SALA DA NOTÍCIA Imprensa Teddy
Divulgação

A Teddy Open Finance, anuncia que no último trimestre, os Business Bankers originaram R$ 622 milhões na plataforma Teddy 360º. Somente neste período, foram recebidas quase mil propostas, sendo R$ 336 milhões já analisados, R$ 35 milhões desembolsados e R$ 286 milhões em andamento, com destaque para: capital de giro, conta digital, câmbio e antecipação fornecedor (supply chain), como produtos responsáveis pelo maior número de movimentações. 

Em apenas nove meses desde a sua estreia, já se conectaram à plataforma mais de 120 Business Bankers, que têm à sua disposição: apoio ao Marketing, suporte - mesas de apoio especializadas -, treinamento e acesso a uma grande variedade de produtos e serviços, em cerca de 30 instituições parceiras e ainda possibilidade de alto comissionamento. 

A Teddy é uma fintech inovadora, parceira de grandes bancos e utiliza a tecnologia SaaS um sistema financeiro aberto (Open Finance). Seu diferencial é oferecer aos bancários autônomos, assessores de investimento e correspondentes bancários, uma plataforma que conecta produtos e serviços financeiros sem a necessidade de uma estrutura física, otimizando o tempo e reduzindo os custos operacionais, sendo um hub direto com bancos e fintechs.  

Segundo Wagner Ferreira, CEO da Teddy, “a tendência é que os bancos liberem cada vez mais as APIs, para terem uma jornada mais automatizada, atendendo o B2B e o B2C. A nossa equipe de desenvolvimento está sempre antenada para integrar as mais variadas tecnologias. Apostamos muito no mobile first, pela praticidade e agilidade no dia a dia, e em breve, lançaremos o nosso App, no início de junho/2022. Trazendo o Open Finance para avaliar o comportamento financeiro do cliente e oportunidades de novos negócios”, revela. 

“À medida que o mundo digital vai ganhando espaço, os processos físicos vão perdendo a força, já que a maioria dos clientes preferem resolver suas pendências de forma mais prática sem precisar se deslocar. Este progresso do digital está levando diversas agências bancárias físicas a fechar e os bancários tiveram que achar novas maneiras de fazer novos negócios, e se manterem ativos no mercado financeiro. Então, trouxemos uma solução para o futuro do bancário: se tornar um Business Banker”, conclui Ferreira

Para aderir à plataforma Teddy 360º e se tornar um Business Banker, é necessário que o profissional tenha mais de três anos experiência no segmento bancário, tendo um relacionamento com clientes PJ ou PF em bancos ou que atue como assessor de investimentos. 

Para mais informações, acesse: https://teddydigital.io/teddy-360/


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »