01/08/2022 às 11h01min - Atualizada em 01/08/2022 às 11h51min

Sem conhecimento, ao invés de políticos, elegem-se aproveitadores

SALA DA NOTÍCIA Samantha di Khali Comunica
Esse é um ano importante onde à população brasileira vai eleger presidente, governadores, senadores e deputados. É de extrema importância, porque são eles que vão dar a direção dos próximos 4 anos no seu estado e no país. Além de gastarem o nosso dinheiro, recolhido através dos impostos. Como escolher seu candidato? Existe uma forma de se preparar para esse momento tão importante, e não ser enganado?  Ricardo Holz em seu livro "Manual básico para não ser enganado por políticos”, propôs um material de entendimento e compreensão do jogo político nacional e de seus caminhos, suas formas, suas origens e suas consequências.

Você sabe a função de cada um, para poder realmente escolher o seu candidato? Como fala o próprio autor “No ano de eleição você é o patrão” Aqui colocamos de uma forma simples e objetiva sobre suas funções, para que você possa ter um norte na sua escolha.

Vamos entender o poder e o dever de cada um, porque as regalias a gente já sabe que são muitas.  Ricardo Holz explica de forma bem básica.

Deputado estadual: Cria leis que vão valer no estado especifico e fiscaliza como está sendo gasto o dinheiro do estado, no caso fiscalizar os gastos e atos do governador e sua estrutura.

Deputado federal e Senadores: Fazem parte do legislativo Nacional, criam leis que vão valer no Brasil inteiro e fiscalizam os atos e gastos do poder executivo nacional, que é o presidente da republica os ministros de estado e toda a estrutura do poder executivo nacional.

Governadores: Executa as leis, é o chefe do poder executivo no estado, é ele que de fato gasta o dinheiro dos impostos que é arrecadado naquele estado é quem faz as obras publicas no estado, executa as leis que foram aprovadas no estado e as leis nacionais.

Presidente da Republica: É o chefe de governo e o chefe de estado, ele executa as leis no Brasil, gasta o dinheiro do povo arrecadado com impostos a parte que fica com o governo federal, quem gasta com obras e serviços públicos é o presidente da republica, ele é o chefe do poder executivo e também é chefe de estado porque representa o Brasil no exterior, vai as reuniões e nos encontros com outros chefes de estado de outros países.

Resumindo de uma forma bem rápida, o Governador e o Presidente da república são os que vão gastar nosso dinheiro, desde que os deputados e senadores aprovem para que isso aconteça. Fiquem muito atentos, porque os que vão realmente fazer as leis e fiscalizar o poder executivo são os deputados e senadores, esse tem uma importância fundamental para a máquina do país e estado, e muitas vezes não são nem escolhidos com atenção, ficam atrás da cortina de fumaça no momento da eleição.
O autor do livro Ricardo Holz, que teve a coragem de expor os atos e deveres de cada poder através do seu livro, está saindo de trás de sua obra e se colocando a pré candidato a deputado federal por São Paulo, para mostrar que realmente o politico pode sim, fazer a sua parte e ajudar na construção do país.

AUTOR:  Ricardo Holz é graduado em Gestão Pública e especialista em administração pública e gerência de cidades. Foi fundador e presidente da ABE-EAD (Associação Brasileira dos estudantes de educação a distância), participante do programa de formação de líderes para o século XXI (Semesp – Laspal) realizado na universidade de Harvard nos Estados Unidos; Participante do High level Police fórum da Unesco e membro da comissão nacional de avaliação da educação superior, CONAES. Atualmente é CEO da RHVS Consultoria.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »