01/08/2022 às 11h07min - Atualizada em 01/08/2022 às 11h52min

Lumu reforça compromisso com operações de cibersegurança proficientes ao criar o Conselho Consultivo do CISO

Chase Cunningham, ex-analista da Forrester e especialista no método Zero Trust, foi apontado como presidente do conselho, que visa apoiar organizações no monitoramento de comprometimentos em tempo real

SALA DA NOTÍCIA Genilson Oliveira
Pimenta Comunicação

A Lumu, empresa de segurança tecnológica que criou o modelo Continuous Compromise Assessment™, que permite às organizações mensurar os comprometimentos confirmados em tempo real, anunciou hoje a nomeação do Chase Cunningham como presidente de seu novo Conselho Consultivo. Nesta função, Cunningham liderará o conselho consultivo estratégico do CISO para ajudar a permitir que organizações de todos os tamanhos defendam melhor suas operações.

“As ameaças cibernéticas evoluem infinitamente e nossas defesas também devem evoluir. Chase apoia a missão da Lumu desde o começo, porque entende a mudança de paradigma que estamos trazendo para o mercado e o valor que oferecemos a mais de 3.000 clientes”, disse Ricardo Villadiego, fundador e CEO da Lumu. “À medida que as organizações continuam adotando nosso modelo de Avaliação de Comprometimento Contínuo, elas precisam de aconselhamento especializado e imparcial sobre como evoluir seus programas de defesa. Chase se junta à Lumu para oferecer esse suporte aos nossos clientes e prospects.”

Cunningham é ex-analista da Forrester, criador da estrutura estendida de confiança zero e especialista em cibersegurança com décadas de experiência operacional na NSA, Marinha dos EUA, FBI Cyber e outros grupos de missões governamentais. Além disso, é autor do renomado livro “Cyber Warfare: Truth, Tactics and Strategies”, de “gAbrIel”, a série de quadrinhos Cynja e é citado em mais de 100 outras publicações.

“A Lumu é definitivamente uma das principais inovadoras no espaço de operações de cibersegurança. Seu modelo de avaliação de comprometimento contínuo e a visibilidade acionável que ele fornece é uma ferramenta essencial em qualquer programa de cibersegurança que busca sobreviver e se preparar para o cenário de ameaças atual, independentemente do tamanho da organização”, disse Cunningham. “A tração da Lumu no mercado não me surpreende, porque vi em primeira mão o valor que a empresa fornece aos seus clientes e estou animado para participar e promover essa missão.”

A Lumu oferece uma solução baseada em nuvem que coleta e padroniza metadados de toda a rede, incluindo consultas DNS, fluxos de rede, logs de acesso de proxies, firewalls e filtros de caixa de spam. A Lumu então aplica Inteligência Artificial para correlacionar a inteligência de ameaças dessas diferentes fontes de dados para isolar pontos confirmados de comprometimento, permitindo que uma empresa identifique a infraestrutura comprometida e atividades adversárias adicionais.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »