01/08/2022 às 15h34min - Atualizada em 01/08/2022 às 16h20min

Cine Vitória a Minas leva cinema gratuito a Minas Gerais e Espírito Santo

Caminhão que se transforma em cinema vai passar por 20 municípios dos Estados

SALA DA NOTÍCIA xxxxx
divulgação
A produtora NG Produções Culturais, em parceria com a CEPAR Cultural e patrocínio do Instituto Cultural Vale, estão à frente da 3ª edição do Cine Vitória a Minas. A partir de 8 de agosto até 18 de outubro, o projeto visitará 12 municípios de Minas Gerais e oito do Espírito Santo. Órgãos públicos, escolas e ONGs das regiões auxiliaram na escolha dos locais para que o cinema seja acessível a todos.  

João Molevade, Bela Vista de Minas, Nova Era, Antônio Dias, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso, Belo Oriente, Periquito, Governador Valadares, Conselheiro Pena, Resplendor e Aimorés são as cidades mineiras que vão receber o projeto.  No Espírito Santo o cinema itinerante vai passar por Baixo Guandu, Colatina, João Neiva, Ibiraçu, Aracruz, Fundão, Serra e Cariacica.

O cinema ficará alocado por dois dias em cada cidade e exibirá cinco sessões diárias de forma totalmente gratuita. Em Governador Valadares (MG), o projeto vai acontecer ao longo de quatro dias. As sessões diurnas serão destinadas para as turmas de alunos das escolas públicas da região e, às 18h30, haverá uma sessão aberta para o público em geral. Quem quiser participar deve comparecer ao local no dia do evento para retirar os ingressos, que são limitados.

“O Cine Vitória a Minas já se tornou um marco no calendário cultural das cidades ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas e vizinhas. Uma experiência totalmente gratuita e que garante o acesso da população afastada dos grandes centros ao cinema, em especial, do público infantojuvenil. A experiência de assistir a um filme pode mudar a vida de uma pessoa e ampliar suas possibilidades para o futuro. Esse encontro certamente é um presente para os jovens moradores das 20 cidades por onde o cinema itinerante passará nesta edição”, afirma Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale.

Ao final das 200 exibições, o Cine Vitória a Minas deve atingir a marca de mais de 18 mil espectadores. O projeto é aprovado pela Secretaria Especial da Cultura e viabilizado pelo patrocínio do Instituto Cultural Vale através da Lei de Incentivo à Cultura.
A produtora NG Produções Culturais, em parceria com a CEPAR Cultural e patrocínio do Instituto Cultural Vale, estão à frente da 3ª edição do Cine Vitória a Minas. A partir de 8 de agosto até 18 de outubro, o projeto visitará 12 municípios de Minas Gerais e oito do Espírito Santo. Órgãos públicos, escolas e ONGs das regiões auxiliaram na escolha dos locais para que o cinema seja acessível a todos.  

João Molevade, Bela Vista de Minas, Nova Era, Antônio Dias, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso, Belo Oriente, Periquito, Governador Valadares, Conselheiro Pena, Resplendor e Aimorés são as cidades mineiras que vão receber o projeto.  No Espírito Santo o cinema itinerante vai passar por Baixo Guandu, Colatina, João Neiva, Ibiraçu, Aracruz, Fundão, Serra e Cariacica.

O cinema ficará alocado por dois dias em cada cidade e exibirá cinco sessões diárias de forma totalmente gratuita. Em Governador Valadares (MG), o projeto vai acontecer ao longo de quatro dias. As sessões diurnas serão destinadas para as turmas de alunos das escolas públicas da região e, às 18h30, haverá uma sessão aberta para o público em geral. Quem quiser participar deve comparecer ao local no dia do evento para retirar os ingressos, que são limitados.

“O Cine Vitória a Minas já se tornou um marco no calendário cultural das cidades ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas e vizinhas. Uma experiência totalmente gratuita e que garante o acesso da população afastada dos grandes centros ao cinema, em especial, do público infantojuvenil. A experiência de assistir a um filme pode mudar a vida de uma pessoa e ampliar suas possibilidades para o futuro. Esse encontro certamente é um presente para os jovens moradores das 20 cidades por onde o cinema itinerante passará nesta edição”, afirma Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale.

Ao final das 200 exibições, o Cine Vitória a Minas deve atingir a marca de mais de 18 mil espectadores. O projeto é aprovado pela Secretaria Especial da Cultura e viabilizado pelo patrocínio do Instituto Cultural Vale através da Lei de Incentivo à Cultura.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »