02/08/2022 às 15h30min - Atualizada em 02/08/2022 às 15h43min

Schneider Electric anuncia resultados do programa de sustentabilidade com metas para até 2025

Ações de descarbonização e acesso à energia renovável estão entre os principais destaques no desempenho da companhia, eleita uma das mais sustentáveis do mundo pela Corporate Knights

SALA DA NOTÍCIA Rebecca Emy

São Paulo, agosto de 2022Por meio do seu barômetro de sustentabilidade Schneider Sustainability Impact (SSI), que mede o desempenho ambiental, social e governança (ESG), a Schneider Electric anuncia que está quase atingindo sua meta de pontuação de 4,70, que deve ser atingida até o fim do ano. No segundo trimestre de 2022, a companhia – que completa 75 anos de suas operações no Brasil em 2022 – registrou 4,17 pontos em seu indicador. Na visão da empresa, a boa performance se dá pela soma de todos os projetos sustentáveis em andamento e por suas 36 metas até 2025.

“Nosso planeta está queimando, literalmente. Temos que enfrentar a realidade e continuar acelerando nossos esforços de sustentabilidade”, aponta Gwenaelle Avice-Huet, diretora de estratégia e sustentabilidade da Schneider Electric. “Como empresa, estamos convencidos de que podemos ajudar uns aos outros com tecnologia, colaboração e confiança. Avançar em nosso programa significa trabalhar com todo o nosso ecossistema de funcionários, clientes, fornecedores e parceiros para progredirmos juntos.”


Destaques de sustentabilidade do segundo trimestre de 2022

  • As soluções EcoStruxure™ da Schneider Electric estão ajudando clientes e fornecedores a fazer um progresso significativo na descarbonização e reduzir suas emissões de CO2 em 381 milhões de toneladas desde 2018. Em junho, a Schneider e a Hitachi Energy deram início a uma parceria para colaborar em soluções de eletricidade sustentável (a partir de fontes renováveis) e melhorar o desempenho de data centers, mineração e outros setores da indústria.
  • A companhia também expandiu sua meta de biodiversidade para usar apenas madeira livre de desmatamento na cadeia de suprimentos e operações até 2030.
  • Outro ponto de destaque foi o fornecimento de eletricidade sustentável para mais de 1 milhão de pessoas no segundo trimestre de 2022, elevando o acesso para mais de 6,4 milhões desde janeiro de 2021.
  • Ainda neste ano, 82% de seus funcionários disseram se sentir confiantes para denunciar uma conduta antiética. O dado faz parte do compromisso de fornecer um ambiente confiável e cultural Speak Up – quando os colaboradores se sentem confortáveis em falar suas experiências boas ou ruins no local de trabalho.
  • Além disso, teve o lançamento de sua Escola de Sustentabilidade para ajudar na capacitação dos funcionários em questões climáticas e sociais e incentivá-los a agir e gerar impacto em todos os aspectos da vida.
  • As equipes da empresa em diferentes países e regiões continuam a desempenhar um papel ativo para garantir o máximo impacto em suas iniciativas de sustentabilidade lideradas localmente.

Por causa dos programas de sustentabilidade com progresso mensurável, a Schneider Electric continua vinculando seus recursos de financiamento à trajetória de sustentabilidade do grupo. Durante o primeiro semestre do ano, foram criadas linhas bancárias de €2,7 bilhões com preços indexados no desempenho anual do Schneider Sustainability Impact (SSI).

Prêmio Eco em ESG

No Brasil, a Schneider Electric foi reconhecida por seu programa Schneider Sustainability Impact. Neste mês, a companhia foi vencedora do prêmio Eco, concedido pela Amcham Brasil e que avalia os esforços corporativos relacionados ao meio ambiente há mais de 38 anos. Como critério, a Amcham Brasil avaliou os resultados de ESG obtidos nos últimos anos pelas empresas participantes, incluindo fatores como a descarbonização, produtos e serviços sustentáveis, iniciativas relacionadas à biodiversidade e apoio ao ecossistema de parceiros e canais. 

"Desenvolver ações de descarbonização e melhorar o impacto nas mudanças climáticas são pontos cruciais na nossa jornada de ESG que vem se consolidando há mais de 16 anos”, diz Marcos Matias, presidente da Schneider Electric no Brasil. “Nossos objetivos são tornar nossas metas e resultados cada vez mais transparentes e influenciar outros players do mercado a avançarem no quesito sustentabilidade.”
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »