03/08/2022 às 08h07min - Atualizada em 03/08/2022 às 08h52min

Justiça de Rio Preto decreta mandados de busca e apreensão contra organização criminosa

Em Cuiabá, houve até o momento, nove prisões e outros quatro investigados estão sendo procurados.

Harley Pacola
Divulgação/Polícia Civil de Rio Preto
Uma equipe formada por um delegado, três investigadores e um escrivão de polícia foram destacados pela Polícia Civil de Rio Preto para atuarem na Operação Miqueias Fase 2, em Cuiabá, no Mato Grosso, deflagrada na madrugada desta quarta-feira, dia 3 de agosto. Eles integram o Serviço de Investigações Gerais (SIG SUL), os núcleos do 1º, 2º e 5 Distrito Policial, de Rio Preto.

Essa operação teve início na última segunda-feira, dia 1º de agosto, em Cuiabá. Os trabalhos contam com o apoio da Policia Civil do Estado do Mato Grosso. Até o momento, nove pedidos de prisão preventiva e mais quatro alvos estão sendo procurados na capital mato-grossense. Os 12 pedidos de mandados de prisão foram decretados pela Justiça de Rio Preto.

Essa operação resultou na apreensão de celulares, equipamentos eletrônicos, valores e dezenas de pessoas ouvidas. Um suspeito foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Com um farto material apreendido pela Polícia Civil, as investigações foram aprofundadas e policiais do SIG SUL de Rio Preto descobriram que os correntistas não se tratavam apenas de pessoas avulsas, mas sim fazem parte de uma grande organização criminosa, que tem entre seus integrantes o repasse de valores escalonados, o grupo tinha uma espécie de hierarquia nesse tipo de crime, com divisão de funções muito bem organizada, que provocou prejuízo financeiro a dezenas de pessoas espalhadas por várias regiões do Brasil. 

Identificados os possíveis chefes da quadrilha, a Policia Civil apura também o possível crime de lavagem de dinheiro, que será determinado ao final das investigações. O delegado responsável pelo SIG SUL, Lafaeyte Sanches Fernandes, concederá nesta quarta, dia 3, às 10h, na sede, uma entrevista coletiva à imprensa para detalhar toda a arquitetura da Operação batizada de Miqueias Fase 2. 

  
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »