03/08/2022 às 09h55min - Atualizada em 04/08/2022 às 00h50min

Condomínios buscam parcerias para tornar ações sociais mais efic

SALA DA NOTÍCIA Clarimundo Flores
Dona Comunicação
Divulgação
Condomínios buscam parcerias para tornar ações sociais mais eficientes

Quando os moradores de um prédio resolvem se engajar em campanhas sociais ou ambientais, nem sempre sabem por onde começar. Nestas horas, a ajuda de uma administradora de condomínios pode ser fundamental, tornando as ações mais eficientes. Para a vice-presidente da Cipa, Maria Teresa Mendonça Dias, um dos segredos para a parceria dar certo é ter contato com diversas instituições que recebem doações e apresentar aos clientes aquelas que mais se aproximam do grupo que eles pretendem ajudar.

- O papel da administradora é  ser uma incentivadora e, principalmente, facilitadora. A Cipa tem uma equipe que cuida somente dessa temática e estamos sempre trabalhando para que os condomínios possam aderir a projetos socioambientais. O objetivo é fazer o elo entre o condomínio, as pessoas e instituições que necessitam, pois muitas vezes os condôminos querem ajudar, mas não sabem como e nem a quem. Nós mostramos que muitas vezes as pessoas que necessitam estão bem próximas a eles. É fundamental que as administradoras organizem ou ajudem os condomínios nesse sentido - explica Maria Tereza.

Outro ponto que ela destaca é a importância de se dar um retorno aos moradores sobre as ações desenvolvidas:

- O importante é ter um foco claro, comunicar de forma ampla para todos do condomínio. Outro ponto importante é dar o feedback aos moradores, apresentar os resultados, informando quais instituições foram beneficiadas e um balanço da campanha. Isso ajuda a estimular ainda mais a participação – explica Maria Teresa.

No último Natal, a Cipa fez uma campanha com os condomínios que arrecadou uma tonelada de alimentos, gerando 110 cestas de alimentos não perecíveis (macarrão, óleo, farinha, feijão, sal e açúcar). Foram atendidas três instituições sociais: Casa do Papai Noel, Sodalício da Sagrada Família e Instituto Maria de Lourdes.

- No auge da pandemia, fizemos a ação conjunta com moradores de rua e temos também a campanha permanente de arrecadação de tampinhas para reverter em cadeiras de rodas. A própria Cipa recolhe o material sem custo algum para o condomínio e o destina a uma ONG parceira -  revela a executiva da Cipa.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »