02/08/2022 às 14h18min - Atualizada em 04/08/2022 às 00h51min

Primeiro banco digital do Brasil que permite realizar investimentos e fazer compras com criptomoedas sem a necessidade de conversão chega ao mercado no dia 29

Novidade vai oferecer opções de investimentos com auxílio de IA, utilização de criptos em qualquer estabelecimento comercial com cartão exclusivo e segurança de uma wallet não custodial

SALA DA NOTÍCIA Imprensa
Pagar contas com criptomoedas é uma forte tendência entre os brasileiros, conforme resultado de uma recente pesquisa realizada pela CoinsPaid, segunda maior empresa de pagamentos em criptomoedas do mundo. No Brasil, 36,3% dos entrevistados disseram que teriam interesse em pagar suas compras em lojas físicas com criptomoedas. A mesma pesquisa revela que a confiança na segurança poderia torná-los mais propensos a usar criptomoedas como pagamentos.

Com base nesse cenário, a PurpleCats - primeiro e único banco digital do Brasil que permite realizar investimentos e fazer compras com criptomoedas sem a necessidade de conversão direta – chega ao mercado, no dia 29 de julho, para simplificar a vida financeira das pessoas e levar conhecimento à população sobre o universo das criptomoedas.

Idealizado em dezembro de 2021 por Pedro Henrique de Lima, CEO e Founder da PurpleCats, e desenvolvido desde fevereiro deste ano, o aplicativo permite ao usuário realizar suas compras com criptomoedas sem a necessidade direta de conversão. Esse processo será todo automático utilizando a cotação corrente quando o saldo for utilizado. O ecossistema também terá token próprio, utilizando o conceito de DeFi, para permitir que os usuários tenham “voz” para algumas decisões dentro da plataforma descentralizada que deve acontecer no Q1 de 2023, além de ser possível comprar e vender outras criptomoedas dentro do app. A novidade vai disponibilizar, ainda, diversos produtos similares aos presentes nos mais variados bancos digitais da atualidade.

“Mais do que um banco digital na Blockchain, o app é a ponte entre a economia tradicional e a criptoeconomia, o que alguns também têm chamado de BankChain. Estamos trazendo algo novo e diferente para um público que está em uma fase de transição para o universo cripto. Com foco em segurança e propriedade através de uma Wallet não custodial - com duplo fator de autenticação –, a novidade garante ao usuário ser o único que pode realizar movimentações, uma vez que o seu dispositivo se torna parte essencial para autorização das transações. Diferente de tudo o que tem atualmente no mercado, a PurpleCats oferece, em um único espaço, uma variedade de mais de 100 criptoativos para investir ou usar no dia a dia através de compras em estabelecimentos, via cartão, e com taxa de uso podendo chegar próxima à zero dependendo do nível da conta do usuário. É uma conta digital para ser usada como quiser e com quantas moedas tiver”, explica Pedro Henrique de Lima, CEO e Founder da PurpleCats.

Arquiteto de software com mais de 14 anos de experiência, Pedro reforça que o objetivo da fintech é transformar o mercado financeiro e desburocratizar o acesso às criptomoedas, dando uso real e criando assim uma conexão com o verdadeiro metaverso. “Nascemos para fazer a diferença na vida das pessoas e para facilitar o uso da tecnologia no dia a dia. Da compra de um café até grandes aquisições. O usuário pode acompanhar e utilizar seu saldo de maneira simplificada - esteja ele em Reais, Dólar ou criptomoeda - sem a necessidade de conversão direta. Pode comprar criptos através de PIX ou diretamente do saldo disponível em sua conta digital, ter acesso aos ganhos de cada moeda, ter o saldo à disposição sem a burocracia de uma Exchange, realizar saques, conectar-se nos principais dApps através do Wallet Connect, contar com o auxílio de uma IA para identificar projetos de impacto e as melhores opções do mercado, realizar o pagamento de contas, transferências, recarga de celular ou programar uma compra expressa de uma criptomoeda. Tudo de forma simples e intuitiva e em poucos cliques”, detalha o executivo.

O primeiro banco digital do Brasil que permite realizar investimentos e fazer compras com criptomoedas sem a necessidade de conversão também vai oferecer uma carteira inteligente, dashboard estatísticos com dados em tempo real, possibilidade de investimentos em criptomoedas e conversão de multiativos.

Preocupado em oferecer alta segurança aos usuários, Pedro enfatiza que todas as transações serão auditadas e quando uma Wallet estiver na lista de fraude, o recebimento da moeda será bloqueado automaticamente.  “Através de uma camada extra de segurança, a Wallet estará segura e com o auxílio de uma IA o usuário poderá ver o grau de risco de novos projetos antes de realizar um investimento. Tudo é focado na segurança através de uma identidade descentralizada e a chave de acesso está em poder do cliente.  Controle de decisão é 100% do usuário. Criamos um ecossistema ‘Shift LeftSecurity’”, diz.

Lançamento oficial

A partir do dia 29 de julho o aplicativo estará oficialmente no ar e o usuário poderá baixá-lo de forma gratuita para celulares Android e iOS ou no site oficial da PurpleCats e começar a utilizar, inicialmente, as Wallets - carteiras digitais utilizadas para efetuar compra de tokens e NFTs nas blockchains Ethereum e BSC através de plataformas descentralizadas, armazenamento e transferência de tokens e NFTs, solicitação de pagamentos através de criptomoedas e acompanhamento da sua carteira de investimento.

Em um segundo momento o app irá disponibilizar a opção de Exchange, onde o usuário poderá negociar as mais de 100 criptomoedas disponíveis diretamente da Wallet efetuando a compra através do PIX. Na sequência, estará à disposição a opção de abertura da conta digital com todas as funcionalidades de um banco, como pagamento de contas, recarga de celular e solicitação do cartão de débito e crédito pré-pago. Nesse momento, a PurpleCats vai oferecer um cartão exclusivo com vantagens para as 10 mil primeiras pessoas que abrirem uma conta digital, além de transformar este cartão em uma espécie de NFT, com registro direto na blockchain para o seu detentor, a ideia é que esta série inicial de NFTs também dê diversas vantagens em futuras parcerias da fintech com estabelecimentos dentro e fora do Metaverso. Todas as funcionalidades estarão disponíveis até o final deste ano.

O app da PurpleCats será detalhado no Blockchain Rio Festival, considerado o maior evento de Blockchain da América Latina, que acontece entre os dias 1 e 4 de setembro, no Rio de Janeiro. Na ocasião, Pedro Henrique de Lima, CEO e Founder da fintech, vai realizar uma palestra e apresentar todos os diferenciais e benefícios do app.

CobbyAcademy: o braço educacional da PurpleCats

O CobbyAcademy é um projeto educacional que está sendo desenvolvido dentro da PurpleCats. É um braço do ecossistema da empresa que tem como objetivo disseminar informação de forma gratuita sobre diferentes temas, que nem sempre estarão ligadas ao mercado financeiro.

A ideia é que no espaço sejam publicados conteúdos de autoria da equipe da PurpleCats, mas, também conteúdos assinados por outros especialistas atuantes no mercado, se tornando um espaço de compartilhamento de informações relevantes e de qualidade de cunho colaborativo. As ações do CobbyAcademy já começaram a ser desenvolvidas.

“Somos uma fintech que tem como objetivo facilitar e impactar a vida das pessoas de diferentes modos. Acreditamos que isso é possível por meio da educação e do acesso à informação de qualidade. A ideia dessas lives é trazer conhecimento para o nosso time e ofertar para a população como essa possibilidade de adquirir conhecimento”, destaca Pedro Henrique de Lima, CEO da PurpleCats.

 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »