04/08/2022 às 13h26min - Atualizada em 04/08/2022 às 22h43min

Programação presencial de agosto do Teatro Estadual de Araras traz música, dança e peças infantis

Espetáculos de dança Antropo100 – de Cascudo à Eros e Scinestesia, além do show lírico A Bela e os Tenores.

SALA DA NOTÍCIA Angelina Colicchio
https://site.bileto.sympla.com.br/teatroestadualdeararas/
Scinestesia - Crédito: Silvia Machado | A Bela e os Tenores Chico e Vinícius para Crianças com Carlos Navas | A Doce Valente

Scinestesia - Crédito: Silvia Machado | A Bela e os Tenores
Chico e Vinícius para Crianças com Carlos Navas | A Doce Valente

Mais fotos no link 

 

O Teatro Estadual Maestro Francisco Paulo Russo, conhecido como Teatro Estadual de Araras, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerido pela Amigos da Arte recebe, recebe em agosto os espetáculos de dança Antropo100 – de Cascudo à Eros e Scinestesia, além do show lírico A Bela e os Tenores. Para as crianças, o teatro recebe o show infantil Chico e Vinícius para Crianças com Carlos Navas e a peça A Doce Valente

 

Dança 

Antropo100 – de Cascudo à Eros | Dia 06 de agosto, sábado,  às 20h

 

Trata-se de uma obra coreográfica, idealizada pela coreógrafa Ana Bottosso, que conta com a essencial colaboração dos artistas intérpretes criadores da Companhia de Danças de Diadema.  Apoiando-se nas tendências de miscigenar linguagens do corpo, como a tecida por 'Eros Volúsia, a dançarina', e contida em registros literários de Câmara Cascudo sobre a história dos gestos na cultura brasileira, Antropo100 vislumbra trazer à cena a reflexão artística oriundas de efemérides da década de 20 do século passado. Muito além de uma obra que venha apenas comemorar este centenário, ela pretende alçar o aspecto crítico do fazer arte nos dias de hoje, onde ainda nos deparamos com visões fragmentadas e até preconceituosas entre as possibilidades de mesclas de estilos e linguagens artísticas.

 

Scinestesia | Dia 07 de agosto, domingo,  às 18h

 

As possibilidades se multiplicam a cada repetição de nossos hábitos mais corriqueiros. Eles podem parecer, mas nunca são iguais. Porque nós nos modificamos a cada segundo... Como um efeito de ação e reação, tudo pode se modificar a partir de uma mínima desordem, da ocorrência do inesperado, do acaso da vida. Ao percebermos que as realidades podem ser também construções do imaginário, uma pergunta inusitada surge: seriam elas – e nós mesmos – transformáveis?  

 

Ingressos: Gratuito. Presencial (assista no teatro) - Retirada de ingresso disponível pelo site da Sympla - Ingressos 

Ingressos no dia do espetáculo são retirados na bilheteria do Teatro, das 14h até o início da sessão.

 

Música 

A Bela e os Tenores 

Dia 13 de agosto, sábado, às 20h 

 

Criado em 2017 pelos cantores líricos Armando Valsani, Giovanna Maira e Jorge Durian, o grupo musical confere ao seu repertório, que transita entre o erudito e o popular, um jeito único de interpretar canções autorais e consagradas mundialmente. Além das vozes marcantes, o trio se destaca pela união inédita entre dois tenores e um soprano, tornando a experiência de ouvi-los um misto de encantamento, emoção e prazer. 

 

Seu álbum de estréia, lançado em 2017, contém sucessos como "Because We Believe”, de Andrea Bocelli, David Foster e Amy Foster; “You Raise me Up”, de Rolf Løvland e Brendan Graham e “Hallelujah”, faixa homônima ao álbum de Leonard Cohen. Armando Valsani, tenor lírico com quase 40 anos de carreira, se destacou pelo mundo pela sua brilhante potência vocal. Giovanna Maira, cantora lírica (soprano), traz delicadeza para a apresentação com sua voz doce e cristalina. Jorge Durian, tenor com uma sólida carreira com mais de 30 anos, sempre foi destaque por transformar canções populares em clássicos eruditos.Com carreiras solo conceituadas, tanto no Brasil quanto no exterior, esses talentosos cantores, agora juntos em A Bela e Os Tenores, despontam na cena musical, trazendo frescor e modernidade à música clássica.

 

Duração: 90 min 

Ingressos: Compra de Ingressos via Site da Sympla 

Valor do Ingresso: Inteira R$ 100,00 e meia entrada R$ 50,00


Musical Infantil 

CHICO E VINICIUS PARA CRIANÇAS com Carlos Navas

Dia 21 de agosto, domingo, às 11h

 

As músicas que Chico Buarque e Vinicius de Moraes dedicaram às crianças foram levadas ao palco e ao disco na voz de Carlos Navas. A ideia de um novo disco com esta temática vinha sendo pedido pelo público. Pesquisando algo com a mesma qualidade atemporal da Arca, Carlos teve a ideia de trabalhar com a obra de Chico Buarque. De imediato, vieram à sua mente músicas do espetáculo teatral Os Saltimbancos (1977), que ele assistiu na infância: História de Uma Gata, O Jumento, e do filme Os Saltimbancos Trapalhões (1981), Rebichada e Hollywood

 

Mas Canções de Faz de Conta (Lua Music/2007), seu sétimo disco, vai além, incluindo músicas que, em novos arranjos e, principalmente, com a leitura do artista, têm enfatizado seu aspecto lúdico (marca maior do show e CD Algumas Canções da Arca...), como Ciranda da Bailarina (de O Grande Circo Místico). No show CHICO E VINICIUS PARA CRIANÇAS, bastante alegre e interativo, Carlos Navas também relembra momentos de Algumas Canções da Arca..., como A Casa, O Pato, A Pulga, As Abelhas e O Relógio.

Duração: 60 minutos 

Ingressos: Gratuito. Presencial (assista no teatro) - Retirada de ingresso disponível pelo site da Sympla - Ingressos 

 

Infantojuvenil

A Doce Valente

23 de agosto, terça-feira,às  9h30 e 14h

 

Refletindo sobre a virtude da fortaleza, a história aborda de maneira lúdica o Diabetes tipo 1 ao dividir com os leitores as peripécias de Cantina, que se descobre com a doença ainda na infância. Dados do Ministério da Saúde apontam que, em 2020, pouco mais de 1 milhão de crianças, jovens e adolescentes com menos de 20 anos apresentaram sintomas da patologia. Apesar de a doença não ser o foco, é a partir dela que a personagem se desenvolve na trama que figurou primeiro nas páginas do segundo livro infantojuvenil de Sandra Sahd.

 

Duração: 40 min

Ingressos: Gratuito. Presencial (assista no teatro) - Retirada de ingresso disponível pelo site da Sympla - Ingressos 

 

Sobre a Amigos da Arte

A Amigos da Arte, Organização Social de Cultura responsável pela gestão do Teatro Sérgio Cardoso, trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e iniciativa privada desde 2004. Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da Amigos da Arte, que tem como objetivo difundir a produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos como o Teatro Sérgio Cardoso. 

 

Sobre o Teatro Estadual de Araras

Inaugurado em 1991, o Teatro Estadual Maestro Francisco Paulo Russo foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, com 466 lugares em seu auditório principal e outros 126 lugares no auditório menor em seu subsolo. De 1995 a 2005, o Teatro foi equipado com todas as instalações necessárias para os mais diversos eventos de manifestação cultural local, nacional e internacional. A partir de 2004, passou a ser administrado pela Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

 

Assessoria de imprensa – Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado

Cíntia Ruiz – (11) 98080-9800

Davi Franzon – (11) 93411-6428

Simone Blanes – (11) 94003-1711

imprensaculturasp@sp.gov.br

 

Assessoria de Imprensa do Teatro de Araras – Pevi

Angelina Colicchio – (11) 99299-2877

Diogo Locci – (11) 99906-0642

assessoria@pevi56.com 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »