05/08/2022 às 16h02min - Atualizada em 05/08/2022 às 20h01min

Instituto Horas da Vida, ViaMobilidade e ViaQuatro levam ação de conscientização dos risco do colesterol alto para estações de trem e metrô

Atendimento gratuito aos passageiros começa no Dia Nacional de Combate ao Colesterol

SALA DA NOTÍCIA Instituto Horas da Vida
Instituto Horas da Vida/Divulgação

O Dia Nacional de Combate ao Colesterol, celebrado em 8 de agosto, marca o início da ação conjunta do Instituto Horas da Vida –  organização sem fins lucrativos que há nove anos tem como propósito oferecer acesso à saúde primária às pessoas em situação de vulnerabilidade social –, ViaMobilidade e ViaQuatro – concessionárias que administram estações de metrô e trem em São Paulo – para levar informações e orientações para os passageiros de como levar uma vida mais saudável.  A iniciativa acontecerá todos os dias úteis, de 10h às 16h, até o dia 02 de setembro, nas Linhas 4-Amarela e 5-Lilás de metrô, além das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos.

 

Profissionais de saúde estarão presentes no local para realizar os procedimentos e orientar os passageiros sobre os cuidados que devem ser tomados para manter o colesterol dentro dos padrões recomendados. 

AGENDA

Das 10h às 16h, de 8 até 12 de agosto, quem passar pela estação Luz poderá aferir a pressão arterial e realizar a medição do colesterol através de oxímetro, ambos equipamentos de alta tecnologia fornecidos pela Macrosul. Na semana seguinte, de 15 a 19 de agosto, no mesmo horário, será a vez da estação Santa Cruz receber a iniciativa. Já de 22 a 26 de agosto, também de 10h às 16h, a estação Osasco contará com a ação que tem o objetivo de mostrar a importância da atenção primária à saúde no combate às doenças. Por fim, a estação Santo Amaro terá o projeto presencial de 29 de agosto até 2 de setembro, no mesmo intervalo de horário.

O Instituto Horas da Vida ainda oferecerá outro benefício exclusivo para quem passar pelas estações. Quem realizar o cadastro no ‘Hora da Saúde’ pelo link que será divulgado durante a campanha, poderá usufruir gratuitamente do serviço de Orientação de Saúde por telefone 24h/7, patrocinado pela Filóo Saúde, healthtech que tem como objetivo oferecer acesso a serviços médicos de qualidade e individualizados por preços acessíveis.

“O transporte público é o coração de uma cidade. Por isso, o Instituto Horas da Vida vai até às estações de maior demanda para alertar sobre os riscos cardiovasculares causados pelo colesterol alto. O cuidado primário com a saúde é importante para evitar complicações futuras e pode mudar a vida da população”, explica Rubem Ariano,  fundador do Instituto Horas da Vida e CEO da Filóo Saúde.

Além da aferição da pressão arterial e realizar a medição do colesterol, os passageiros receberão folhetos explicativos sobre o tema, poderão consultar banners e conversar com a equipe de saúde.

Para manter a qualidade do atendimento no local e com a maior comodidade, a ViaMobilidade e ViaQuatro disponibilizarão funcionários para organizar as filas de atendimento, mesas e cadeiras.

 

Riscos do colesterol alto

O colesterol é uma substância muito semelhante à gordura e é encontrada no sangue, já que é produzida naturalmente no fígado. Porém, quando os níveis de colesterol ficam acima do recomendado, é possível desenvolver depósitos de gordura nos vasos sanguíneos. Eventualmente, esses depósitos crescem, dificultando o fluxo de sangue pelas artérias. Às vezes, esses depósitos podem se romper repentinamente e formar um coágulo que pode até causar um ataque cardíaco ou derrame.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), 4 em cada 10 brasileiros têm colesterol alto. Além disso, 67% responderam à entidade que nem mesmo sabem quanto é a sua própria taxa de colesterol. Para manter o colesterol dentro dos padrões recomendados é importante uma dieta aliada a exercícios físicos, evitar cigarro e o consumo de álcool. Ou seja, o estilo de vida é o mais determinante. Porém, há casos em que o colesterol alto pode ser hereditário. Nessa situação é ainda mais necessário o acompanhamento médico.

 

SERVIÇO:

 

Ação gratuita e presencial das 10h às 16h. 

 

- De 08/08 a 12/08: na estação Luz;  Linha 4-Amarela

- De 15/08 a 19/08:  na estação Santa Cruz; Linha 5-Lilás

- De 22/08 a 26/08: estação Osasco; Linha 8-Diamante

- De 29/08 a 02/09: estação Santo Amaro; Linha 9-Esmeralda.

 

Não há limite de atendimentos por dia, desde que seja respeitado o horário da iniciativa. 

 

Sobre o Instituto Horas da Vida

O Instituto Horas da Vida é uma instituição sem fins lucrativos, que atua, desde 2013, por meio de uma rede de voluntários de profissionais da saúde, promovendo a inclusão social e o acesso gratuito à saúde para pessoas em situação de vulnerabilidade social. A organização atua com foco na atenção primária em 30 especialidades e possui ações como: consultas, exames, mutirões, palestras sobre saúde e doação de óculos. Possui, entre outras certificações, o Selo Doar, que atesta a transparência nas ONGs brasileiras. Desde o início da pandemia do Covid-19, tem desenvolvido projetos especiais e parcerias em benefício de grupos diretamente atingidos, como idosos, Hospitais filantrópicos e os próprios profissionais de saúde. Mais informações em www.horasdavida.org.br.

 

Sobre a ViaMobilidade:

A ViaMobilidade é a concessionária responsável pela operação e manutenção das linhas 5-Lilás de metrô e 17-Ouro de monotrilho em São Paulo. A Linha 5-Lilás é composta por 17 estações e atende a Zona Sul de São Paulo, de Capão Redondo a Chácara Klabin.

Sobre a ViaQuatro:

A ViaQuatro é a concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo. Na América Latina, a Linha 4-Amarela é pioneira no uso do sistema driverless, operação automática sem a presença de condutor dentro do trem, que permite a supervisão permanente de velocidade, conferindo mais segurança e precisão à operação.

Sobre a ViaMobilidade Linhas 8 e 9:

A ViaMobilidade Linhas 8 e 9 é a concessionária responsável pela operação e manutenção das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos de São Paulo. A Linha 8-Diamante é composta por 22 estações, ligando Júlio Prestes a Amador Bueno, com integração nas linhas 3-Vermelha e 7-Rubi. Já a Linha 9-Esmeralda, que conecta Mendes-Vila Natal a Osasco, possui 20 estações e faz integração com as linhas 4-Amarela, 5-Lilás e 8-Diamante. E, futuramente, com a Linha 17-Ouro de monotrilho.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »