05/08/2022 às 13h59min - Atualizada em 05/08/2022 às 20h02min

Max Fercondini participa de sessão de autógrafos exclusiva para lançamento de seu novo livro “Mar Calmo Não Faz Bom Marinheiro”, na Livraria Leitura do São Bernardo Plaza Shopping

Este domingo (07), às 15h, o ator estará na loja para receber clientes

SALA DA NOTÍCIA Milena
O ator Max Fercondini lança o seu segundo livro, “Mar Calmo Não Faz Bom Marinheiro” e participa de uma sessão de autógrafos na Livraria Leitura do São Bernardo Plaza Shopping. O atendimento acontecerá por ordem de chegada, a partir das 15h. Os clientes poderão tirar foto e conversar com o ator, além de ir para casa com o livro autografado.

Serviço
Data:
07/08
Horário: 15h
Local: Livraria Leitura do São Bernardo Plaza Shopping
Endereço: Avenida Rotary - Centro, São Bernardo do Campo – SP (PISO L0 – Ao lado da Caixa econômica)

Sobre o livro
O ator Max Fercondini lança ‘Mar Calmo Não Faz Bom Marinheiro’

Em seu segundo livro, o velejador e também piloto de avião divide seus aprendizados a bordo de seu veleiro no Mediterrâneo e em suas expedições pelos céus do Brasil
 
“... a vida pode ser resumida a uma gota no oceano, mas só quem conhece a profundidade do mar, sabe que a resposta não está na superfície.”

Viver intensamente e fazer de sua vida uma grande aventura sempre foi o objetivo de Max Fercondini, porém foram suas ousadas escolhas que o levaram a desbravar céu, terra e mar expandindo seus limites e assim se conhecendo melhor.

Em Mar Calmo Não Faz Bom Marinheiro, o ator e produtor audiovisual Max Fercondini se apropria do ditado popular para dar nome ao seu segundo livro e relata suas experiências em alto mar. Na obra, Max compartilha com o leitor seus medos, aprendizados e reflexões em um oceano de autoconhecimento, tendo o Mediterrâneo e Atlântico como testemunhas e pano de fundo da sua jornada.

No início dos seus 30 anos de vida, Max Fercondini decidiu se aventurar no desconhecido. Motivado por situações adversas à sua vontade, o ator percebeu a necessidade de ressignificar sua existência. Para alguns, sair da zona de conforto significa mudar de emprego ou então iniciar um novo hábito. Para Max, fazer do mar sua morada foi o que deu início a um novo projeto de vida, que remodelou a sua personalidade e nos serve de inspiração.

Ao soltar as amarras do barco e assumir os rumos do seu próprio destino, o autor viveu inúmeras oportunidades em que se deparou com a beleza pujante da natureza e toda a sua força. Em trechos como: “Quando a gente cria expectativa sobre algo, tentamos, pelo nosso desejo, controlar o futuro. Entretanto, a vida é implacável e tem seus próprios planos para nós. Caberia a mim adaptar-me, mais uma vez...”, o autor compartilha seu conhecimento adquirido que pode ser aplicado em qualquer circunstância da vida.

Em uma clara analogia ao nosso cotidiano, Max Fercondini detalha com precisão os lindos cenários em que esteve e nos transporta para esse mundo náutico, que transita no imaginário de muitos. Sem prever que teria a contribuição de importantes personagens reais pelo caminho, o ator e velejador viveu intensamente cada uma dessas relações, reconhecendo o valor imaterial da amizade e da troca de conhecimento e aprendizado.

“No mar eu aprendi que se tem uma pessoa responsável pelo seu sucesso ou fracasso, essa pessoa é você. Para navegar é necessário conduzir o barco com firmeza e responsabilidade, mas sem abrir mão da sensibilidade para apreciar as lições que a vida e a natureza nos presenteiam”, diz o autor.

Em uma passagem do livro, Max destaca: “Uma vez mais o mar me testou e me mostrou o quão importante é ser um homem de controle em casos imprevisíveis. Procurei manter o controle. Não adianta perder a cabeça diante das adversidades”. Afinal de contas, Mar Calmo Não Faz Bom Marinheiro.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »