05/08/2022 às 12h32min - Atualizada em 05/08/2022 às 20h03min

Dia do Rap Nacional: o gênero que veio dos Estados Unidos e conquistou o mundo

Dia 6 de agosto é uma das datas mais importantes da música brasileira. É celebrado o dia do Rap nacional, gênero que abriu portas para muitos artistas e revolucionou a indústria musical.

SALA DA NOTÍCIA Camila Mateiro - New Music Brasil
http://newmusic.digital/
New Music Brasil
 

Rap significa rhythm and poetry, na tradução literal, ritmo e poesia. O gênero veio ao mundo musical e inovou a cena, determinando o que estava em alta na indústria. Neste sábado (6) é celebrado o dia do rap nacional, que foi instituído pela Assembleia Legislativa de São Paulo, pela Lei n° 13.201 e assinado em 2009.

 

O rap nacional, hoje, é um dos principais setores a abrirem portas para artistas que vieram da favela, mostrando em seus versos uma realidade que ninguém tinha conhecimento que existia: a da periferia.  

Afinal, o rap é jamaicano ou estadunidense?

 

Os jamaicanos tinham o costume de fazer festas nas ruas com caixas de som. Logo, levaram para os Estados Unidos, onde tornou-se extremamente popular, espalhando-se pelos bairros mais pobres de Nova Iorque, onde abraçou os negros e os latinos.  

 

Portanto, o rap é considerado um gênero que nasceu na Jamaica, contudo, quem foi responsável por torná-lo popular foram os bairros de NY, nos Estados Unidos. No primeiro momento, o gênero era mais ouvido por conta das batidas enérgicas, onde foi fundado o breakdance.

 

Já no Brasil, o rap surgiu com o propósito de combater injustiças e conscientizar pessoas marginalizadas. Desse modo, o gênero no nosso país, é um movimento de resistência contra a desigualdade social

O gênero cultural que mostra a realidade das ruas

 

O peso que o rap carrega é cultural. Ele é responsável por ajudar a expressar sentimentos, opiniões e mostrar a realidade das ruas desconhecida pela maioria das pessoas. Além de, reerguer vítimas de descaso social, tirar indivíduos da criminalidade e oferecer oportunidades de mudar vidas.

 

Suas letras são de linguajar acessível, repletas de gírias e conversam com o seu público. Elas propõem uma reflexão sensível do dia a dia de pessoas que são ignoradas em nossa sociedade, dando voz a comunidades periféricas do Brasil.

 

Com o tempo, veio ganhando uma força cada vez maior, tomando conta de grande parte da música, e, por fim, tornando-se uma das maiores potências nacionais. 

São mais de 84 subgêneros

 

Depois da chegada do rap, os subgêneros do mesmo começaram a nascer. Hoje, são em torno de 84 subgêneros que podemos encontrar no mercado. Dentre eles, os mais populares são o trap, mainstream, backpack rap, boom bap, drill e R&B. 

 

Quando falamos em estilo, o gênero conta com quatro estilos diferentes. Sendo eles, Livre, Recitado e Batalha de Galo. Todos eles são comumente usados em batalhas de rimas ao vivo, entre dois rappers ou mais.  

Conheça os rappers que fizeram história

 

Dentro do gênero, podemos destacar grandes artistas que marcaram a música nacional. Maiormente são rappers que viveram a sua infância e adolescência nas periferias, e até mesmo nas ruas. Há quem diga, inclusive, que os rappers que não vieram da favela, não podem compor rap. Mas, isso é uma história para outra hora. 

 

Separamos uma lista dos rappers brasileiros que estão tomando conta de todas as playlists do gênero, emplacando em números altos dos rankings e conquistando cada dia mais o seu espaço na música nacional. 

 

Dentre eles estão os maiores do país, as revelações e artistas que são as principais apostas da gravadora New Music Brasil, confira!

 
  • Mano Brown;
 

https://www.youtube.com/watch?v=T4_wFBVbOh0 

 
  • Marcelo D2;
 

https://www.youtube.com/watch?v=Cz2iz6MEtLM 

 
  • Emicida;
 

https://www.youtube.com/watch?v=PTDgP3BDPIU 

 
  • Racionais MC’s;
 

https://www.youtube.com/watch?v=jc36BlAEWlQ 

 
  • L7nnon;
 

https://www.youtube.com/watch?v=NbB6qMA2lts 

 
  • Mautê;
 

https://www.youtube.com/watch?v=KwM4yOwMls4 

 
  • Xamã;
 

https://www.youtube.com/watch?v=i9NOkjmBszo 

 
  • Kamikaze do Gueto;
 

https://www.youtube.com/watch?v=AJNcC7tcllY 

 
  • Lukas Loko;
 

https://www.youtube.com/watch?v=jPu3M6ZH2nQ 

 
  • Makarraum;
 

https://www.youtube.com/watch?v=cdJ0dFl9DFA 

 
  • Djonga;
 

https://www.youtube.com/watch?v=-CrD1n1loXs 

 
  • Baco Exu do Blues;
 

https://www.youtube.com/watch?v=Sq7pVppXesU 

 
  • Yah!;
 

https://www.youtube.com/watch?v=z4p5Vllza_o 

 
  • MV Bill;
 

https://www.youtube.com/watch?v=xTef7B-3o7o 

 
  • Negra Li;
 

https://www.youtube.com/watch?v=LJy8VIBcSHM 

 
  • Linn da Quebrada; 
 

https://www.youtube.com/watch?v=y5rY2N1XuLI 

 
  • Champz Rap;
 

https://www.youtube.com/watch?v=ah2fG7Oq0-0 

 
  • Choice;
 

https://www.youtube.com/watch?v=nW5T4U7Wn00 



 

Sem dúvidas alguma, o rap é sim uma das maiores potenciais nacionais e é um gênero que não pára de abrir portas para novos talentos emplacarem nas paradas de áudios. Hoje, podemos encontrá-los também na música pop, no funk, enfim, em tudo!

 

Para ter acesso a mais conteúdos como esse, não deixe de seguir a New Music no Instagram. Por lá, você irá encontrar todos os lançamentos semanais e conteúdos sobre o mundo da música, como a distribuição digital!


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »